Destaque

O desafio das relações humanas.

Vivemos num mundo em que nosso maior desafio está no exercício de relações harmônicas entre cada um de nós. Ao mesmo tempo em que replicamos nas diversas redes sociais presentes em nossa vida mensagens e mais mensagens sobre este tema, as quais se propõem a nos ensinar o necessário para que as relações se estabeleçam desta forma saudável, também nos agredimos virtualmente com uma facilidade incrível. Sob a pseudo proteção do anonimato, sentimo-nos muito à vontade para dizer ou reproduzir impropérios sem a menor preocupação com a veracidade dos fatos ou das informações.

O problema é que esta postura adotada no mundo virtual tem trazido muitos embaraços para a vida real. A sucção de tempo e energia que as redes sociais e todos os outros aplicativos “internéticos” faz com a maioria de seus usuários, tem contribuído para o crescimento assustador do nível de ansiedade e, proporcionalmente, para a redução do nível de tolerância entre as pessoas, no mundo real. Tal fenômeno provoca um ambiente hostil no universo das relações humanas. Daí porque chamarmos a atenção para o desafio dos relacionamentos entre os seres humanos!

Cada vez mais, num mundo em que as relações presenciais vão perdendo espaço para as relações virtuais, os seres humanos precisam se ajustar a este novo paradigma e (re)aprender a se relacionar com o outro. É nesta hora que a “coisa” pega! Por exemplo, saber ouvir é fundamental. Contudo, vivemos num mundo em que o que mais não se faz é ouvir o outro. Falamos sozinhos… falamos para nós mesmos… não dialogamos, monologamos. Está aí o primeiro de muitos desafios!

Para saber ouvir, será necessária muita paciência, outro desafio a ser vencido para alcançarmos melhor qualidade em nossas relações sociais. Ser mais paciente nos ajudará a aumentar o nível de tolerância e, na mesma proporção, reduzir o nível de ansiedade. Menos ansiosos, conseguiremos ouvir o outro e estabelecer um diálogo saudável que, seguramente nos ajudará na resolução de nossos dilemas cotidianos.

Começamos este exercício em casa, no diálogo com a esposa, com o marido, com os filhos. Sigamos nas boas relações com os vizinhos e com os colegas de trabalho. Nas escolas, primemos em larga escala pela arte de saber ouvir, pois são muitos os atores envolvidos neste imenso espaço de relações humanas. Nas ruas, no trânsito, sejamos mais tolerantes e pacientes com os desacertos, entendendo que também cometemos nossos deslizes…

Relacionar-se bem com o outro exige de nós sabedoria para entendermos quando falar e quando calar.

Contudo, para que este desafio das relações humanas seja vencido, é condição vital que tenhamos um olhar de positividade sobre a vida e sobre o ser humano, pois somente acreditando no outro e na possibilidade que este outro me oferece de crescimento pessoal, é que acumulamos forças e energias para alcançar as vitórias diárias em nossa jornada terrena.

Seja mais paciente! Seja mais tolerante! Seja menos ansioso! Ouça mais, fale menos!

 

Eduardo Ferreira de Castro.

Especialista em Educação com pós-graduação em Gestão Educacional.

 
Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Plantão de Notícias 24h - Whatsapp 012 98143 0089 | Notícias do Vale do Paraíba, Sul de Minas e Sul Fluminense

Copyright © 2017 Mix Vale

To Top