Destaque Cidade

Sargento aposentado da PM rende assaltante na região da Paulista

Um sargento aposentado da Polícia Militar de São Paulo rendeu um assaltante após ele furtar uma bolsa de um carro na avenida Dr. Arnaldo, no início da tarde deste domingo (1º).

Um tiro foi ouvido no local. O disparo foi escutado também pela reportagem. Em seguida, dois homens correram pelo viaduto Okuhara Koei, que faz a ligação da Dr. Arnaldo com a Paulista, no centro, e passa por cima da avenida Rebouças, outra importante via na região.

Um deles foi dominado pelo PM aposentado, que, de arma em punho, pedia a todos em volta: “Ligue 190. Ligue 190”, em referência ao número telefônico da Polícia Militar. A cena foi presenciada por repórter fotográfico da Folha de S.Paulo. Policiais atenderam a ocorrência e encaminharam o suspeito ao 91º DP, na Vila Leopoldina. Em depoimento, o sargento aposentado negou ter havido qualquer disparo. O nome dele não foi divulgado.

O caso foi registrado como furto qualificado. A pena para esse crime é de dois a oito anos de prisão.

O local onde ocorreu o crime e a rendição abriga uma das pequenas cracolândias da cidade. O fenômeno não é recente, mas se intensificou após a remoção forçada de usuários de droga da maior dessas áreas, na região da Luz, em maio de 2017.

A dispersão de dependentes químicos na época gerou ao menos 23 pontos de concentração de usuários, de acordo com mapeamento da Guarda Civil Metropolitana. A região da Paulista era um deles.

To Top