Destaque Cidade

Fifa pede respeito em comportamento de Maradona, mas o exalta como lenda

O diretor de competições e eventos da Fifa, Colin Smith, pediu respeito no comportamento de Maradona ao comentar recentes incidentes do ex-jogador em estádios durante jogos da Copa do Mundo. Mas foi apenas um comentário suave em meio a uma série de elogios a ele como lenda do futebol, programa promovido pela entidade.

Desde que chegou à Rússia, Maradona foi visto primeiro fumando charuto no jogo entre Argentina e Islândia. Posteriormente, no jogo diante da Nigéria, antes de passar mal durante o jogo, ele fez gestos obscenos para torcedores da seleção africana.

Além de comentar jogos para a emissora venezuelana “Telesur”, Maradona está no país como convidado da Fifa no programa de lendas que leva ex-jogadores para promover a competição. Eles têm estado em estádios, participado de eventos e até incentivado às torcidas em intervenções por microfone.

“Tenho um programa de lendas. Os jogadores que construíram a história do futebol devem estar aqui. Trabalhar com desenvolvimento do futebol, campanhas. Maradona, um dos maiores jogadores vivo, é parte disso. Estamos cientes de sua participação em jogos anteriores. Nós esperamos que jogadores antigos se comportem com respeito pela regra para todos os torcedores. Mas ter estrelas como Zanetti, é um programa maior. É um programa que continuaremos a desenvolver”, analisou Colin Smith.

Maradona tinha uma relação complicada com o ex-presidente da Fifa Joseph Blatter, a quem fazia diversas acusações. Chegou a ficar fora de eventos da entidade durante algum período. Isso mudou na gestão de Gianni Infantino, que se aproximou dos ex-jogadores para promover a Copa e outros torneios.

NesSe contexto, ele participou do sorteio da Copa em dezembro. Mas seu comportamento continua imprevisível quando está nos camarotes torcendo pela Argentina.

Fifa pede respeito em comportamento de Maradona, mas o exalta como lenda
To Top