Últimas Notícias

Camex autoriza estudos para levar China à OMC por barreira contra frango

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – A Camex (Câmara de Comércio Exterior), grupo que reúne oito ministérios, decidiu iniciar os estudos para questionar na OMC (Organização Mundial do Comércio) a barreira levantada pela China contra o frango brasileiro.

Na ocasião, o Itamaraty e os ministérios da Agricultura e de Comércio Exterior afirmaram que a medida não tinha amparo nas regras do comércio internacional, indicando que o Brasil poderia recorrer à OMC. 

O recurso foi analisado hoje pelo conselho ministerial, que autorizou o início de estudos para comprovar os indícios de ilegalidade por parte da China. É a primeira etapa no país para se verificar a viabilidade de um processo na OMC.

Além do frango, o governo brasileiro estudará o descumprimento da China na aplicação de salvaguarda contra o açúcar brasileiro. 

A iniciativa ocorre no momento em que o governo chinês e o americano de Donald Trump travam uma guerra comercial.

A Camex também decidiu colocar em prática um plano de dois anos para rever 70 normas de comércio exterior, entre decretos e legislações.

Segundo Marcela Carvalho, secretária-executiva da Camex, o objetivo é atualizar normas para facilitar o comércio internacional.

Entre as regras que serão revistas, está o regulamento brasileiro de salvaguardas e a sua aplicação no Brasil e no Mercosul.

Plantão de Notícias 24h - WhatsApp 012 99715 1999 | Notícias do Vale do Paraíba, Sul de Minas e Sul Fluminense

Copyright © 2018 Mix Vale

To Top