SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O fundo de investimentos em startups do banco Bradesco, o InovaBra Ventures, investiu na startup Cuponeria, de aplicativo que permite baixar gratuitamente cupons de desconto de lojas, serviços e restaurantes.

A startup havia participado de programa do banco para relacionamento e busca de parcerias com novatas entre o final de 2016 e o início de 2017.

O valor investido não foi informado.

Daniel Malandrin, superintendente do fundo de participações em empresas do Bradesco, afirma que a startup pode ser uma aliada do banco oferecendo descontos exclusivos para seus clientes.

A startup também pode incentivar o uso de transações feitas a partir de smartphones e, com isso, reduzir custos das agências, diz o executivo.

Nara Iachan, sócia da startup, diz que o investimento ajudará a companhia a aprimorar sua tecnologia. O principal objetivo nessa área é aumentar a personalização das ofertas que cada usuário recebe.

A empresa também buscará expandir sua área de atuação. Presente principalmente no Sudeste, quer chegar às regiões Sul e Nordeste em dois anos.

Os cupons da empresa são aceitos em 10 mil pontos de venda. Iachan diz querer atingir 15 mil no próximo ano.

Ela conta que a maior parte dos cupons baixados pelos clientes é para uso em redes de fast food. “Eles foram a grande explosão do nosso serviço”.

A Cuponeria é a quarta startup investida pelo fundo do Bradesco. Ele já havia apostado na R3, especializada na tecnologia do blockchain (de registro seguro de transações, base do bitcoin), na Semantics, de serviços de análise de dados, e na Rede Frete Fácil, de logística.