Confira os resultados do concurso nº 813 da Loteca. 1 – Ceará 0x0 Atlético-PR

2 – Flamengo 1×0 Cruzeiro

3 – Sport 1×3 São Paulo

4 – Paraná 1×1 Botafogo

5 – Grêmio 4×0 Vitória

6 – Criciúma 1×1 Atlético-GO

7 – Guarani 2×3 Fortaleza

8 – Juventude 0x0 Figueirense

9 – Bragantino 2×1 Cuiabá

10 – Remo 1×1 Náutico

11 – Palmeiras 1×0 Vasco

12 – Chapecoense 2×1 Corinthians

13 – Bahia 1×0 América-MG

14 – Atlético-MG 3×1 Santos

Antigos volantes valem até acabar o estoque
A substituição dos volantes é gradativa, na medida em que os lotéricos solicitam novos estoques. Os antigos não perdem a validade e devem ser utilizados até que terminem. “A produção dos novos volantes iniciou em setembro de 2017 e a expectativa é que até a metade deste ano estejam em todas as lotéricas”, explica o superintendente da CAIXA.

A produção dos volantes lotéricos busca garantir estoque para dois meses, seguindo a média de consumo de cada uma das mais de 13 mil lotéricas pelo país. No total são produzidos 240 milhões de volantes por mês, que são repostos conforme o estoque de cada lotérica vai reduzindo.

Os volantes são produzidos em uma gráfica localizada em Juiz de Fora (MG) e entregue a uma distribuidora que fica em São Paulo (SP). Esta é a responsável por abastecer todas as casas lotéricas do país mediante solicitação do lotérico.

Mais espaço para apostar
Os jogos mais procurados, Mega-Sena, Quina, Lotofácil e Dupla Sena, ganharam mais um quadro de apostas. No volante anterior, o apostador tinha a opção de fazer duas apostas; no novo, são três. “O objetivo é facilitar a realização de mais apostas em um único volante e assim economizar no consumo do papel”, afirma Braga.