Destaque Cidade

Operação conjunta no Alemão, na Penha e na Maré deixa oito mortos

Ao menos oito pessoas morreram durante uma operação conjunta que as forças de segurança realizam nos Complexos do Alemão, da Maré e da Penha desde a madrugada desta segunda-feira, 20, no Rio de Janeiro. Ao todo, mais de 4,2 mil homens, entre militares das Forças Armadas, policiais militares e civis, atuam em conjunto, inclusive com a utilização de veículos blindados.

Segundo o Comando Militar do Leste, “a informação permanece em processamento, podendo haver mais mortos”.

Os militares atuam no cerco aos conjuntos de favelas e na estabilização da áreas, além da retirada de barricadas. Veículos e pessoas estão sendo revistados.

Da PM, o Batalhão de Choque atua no Complexo do Alemão, enquanto o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e o de Ações com Cães estão na Maré.

Niterói

Mais cedo, outra ação policial terminou com seis suspeitos mortos durante uma troca de tiros na Alameda São Boaventura, em Niterói. Ao serem abordados, os motoristas tentaram fugir, mas acabaram interceptados em um dos acessos à Ponte Rio-Niterói, onde houve a troca de tiros.

Na ação, seis suspeitos foram baleados e acabaram mortos. Com o grupo, os policiais apreenderam quatro fuzis e pistolas. A Divisão de Homicídios foi acionada e faz perícia no local.

Marcio Dolzan
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Operação conjunta no Alemão, na Penha e na Maré deixa oito mortos
To Top