Destaque Cidade

Luan é vaiado e explica pênalti perdido que impediu vitória do Grêmio contra o Cruzeiro

Luan teve a chance para fazer o Grêmio virar diante do Cruzeiro, mas parou nas mãos de Fábio. Depois de desperdiçar pênalti na reta final do jogo desta quarta-feira (22), em Porto Alegre, o camisa 7 tentou outra conclusão e foi vaiado por parte da Arena. Na saída de campo, o meia-atacante explicou que a batida saiu fora do previsto e entendeu a reclamação.

“Eu estou acostumado a bater ali, vinha treinando. Estava com um pouquinho de barro. Ela acabou subindo e eu errei”, disse Luan.

O pênalti foi cometido por Egídio, que acertou Alisson na ponta direita da grande área. O meia-atacante do Grêmio tentava o domínio e acabou derrubado de forma brusca.

Antes do apito final, depois do pênalti perdido, o Grêmio seguiu em cima. Tentou criar e finalizar outras vezes e ouviu vaias.

“Eu errei, eles podem zoar… Mas eu não bato para errar nunca. Tentei do jeito que treinei, mas faz parte. O que importa é o apoio deles… Desde que estou aqui, já errei muito, mas sempre procurei acertar. Agora é ficar de cabeça erguida”, contou o camisa 7.

Luan é vaiado e explica pênalti perdido que impediu vitória do Grêmio contra o Cruzeiro
To Top