Últimas Notícias

André tem lesão, e Grêmio fica sem centroavante para Libertadores

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Depois de Jael, é a vez de André. Nesta quarta-feira (12), o centroavante do Grêmio teve diagnosticada uma lesão na panturrilha e está fora do jogo de ida das quartas de final da Libertadores contra o Tucumán (ARG), na próxima terça-feira (18).

O problema muscular coloca em risco a presença dele também na partida de volta, no dia 2 de outubro, em Porto Alegre. André sentiu desconforto durante o Gre-Nal 417, no último domingo (9), quando foi o substituto de Jael. A previsão de retorno é de, pelo menos, três semanas.


Jael havia sido vetado por lesão no joelho direito e, na última segunda-feira (10), fez artroscopia na articulação com previsão de retorno em até 35 dias. O prazo pode coincidir com o retorno de André, de acordo com projeção do Grêmio.

Hernane Brocador, outro inscrito pelo Grêmio na Libertadores, já está emprestado ao Sport. O jogador, inclusive, será um dos substituídos pelo clube em medida burocrática a ser realizada até sexta-feira (14).

[yuzo_related]

Com os dois centroavantes inscritos lesionados, o Grêmio terá de improvisar diante do Tucumán. A primeira opção é usar Luan mais adiantado, mas Renato Gaúcho também pode utilizar Cícero ou Thonny Anderson na função.

Caso Luan —ou até mesmo Cícero— seja adiantado, o time passa a ter uma vaga aberta no meio-campo. Matheus Henrique e Jean Pyerre, jovens da base que serão inscritos até sexta, disputam a posição. Pepê e Douglas são outras alternativas.

O próximo jogo do Grêmio é sábado (15), em Porto Alegre, contra o Paraná. Neste compromisso, pela vigésima quinta rodada do Brasileirão, os titulares serão preservados. No domingo (16), o grupo principal embarca rumo à Argentina para o jogo com o Tucumán.

To Top