Últimas Notícias

Sob investigação, chefe de agência dos EUA para desastres diz que não renunciará

O diretor da agência norte-americana de ajuda a desastres (Fema, na sigla em inglês), Brock Long, disse neste domingo em entrevista à emissora NBC que não renunciará ao cargo, especialmente durante a passagem da tempestade tropical Florence pelo país. Relatório da Agência de Segurança Interna dos EUA aponta que automóveis federais foram usados de forma inapropriada pelo órgão dirigido por Long. Na última quinta-feira, Long declarou que nunca havia feito uso inadequado dos veículos e que cooperaria com as investigações.

Na entrevista à NBC, Long disse que a secretária de Segurança Interna Kirstjen Nielsen “jamais havia pedido a ele que se demitisse”. “Estou aqui para servir meu país todos os dias. E quando acabar, seja qual for o momento em que acabar, estou pronto para voltar para casa, amo minha família”, acrescentou Long.

Neste domingo, o presidente Donald Trump usou sua conta no Twitter para elogiar a atuação da Fema nas ações de apoio à população durante a passagem da tempestade tropical (até então, furacão) Florence pelo país. “Quando a tempestade começar a retroceder, eles irão avançar ainda mais. Muito profissionais!”, disse Trump pela rede social. (Clarice Couto, clarice.couto@estadao.com, com Associated Press).

AE
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

To Top
error: