Rio de Janeiro

Garçom desaparece e tem apartamento roubado meia hora depois, no Rio

A Polícia Civil está investigando o desparecimento do garçom Lucas Chaves de Pinho, de 32 anos. Ele foi visto pela última vez saindo de casa, na madrugada de domingo (30), em Rio das Pedras, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

Imagens do circuito interno mostram que, à 1h02 de domingo, o garçom saiu de casa e tranca a porta. Meia hora depois, dois homens com os rostos cobertos pelas camisas aparecem com a chave, abrem a porta e entram no apartamento de Pinho.

No sábado (29), Pinho passou o dia com a família e disse que não sairia naquela noite. Desde então, não foi mais visto, como conta a prima Valéria Chaves da Costa.

“No sábado, ele almoçou com meu pai e minha irmã, passou a tarde com eles. Conversou, brincou com todo mundo e deixou bem claro que não ia sair no sábado porque no domingo ele queria acordar cedo”, disse a prima.

A prima contou que ele veio do Ceará há sete anos e trabalhava como garçom.

“Ele sempre trabalhou. Nunca pediu nada para ninguém. Ele que pagava o aluguel dele, ele que pagava as contas dele, ele fazia tudo certinho. Ele estava trabalhando de freelancer. Segunda-feira, ele teria de trabalhar, mas não apareceu”, disse Valéria.

Outro primo, Agostinho de Oliveira, achou que ele poderia ter passado mal, quando não o encontrou no apartamento. No entanto, o imóvel estava revirado.

A família registrou o desaparecimento na segunda-feira (1º), na 16ª DP (Barra da Tijuca), que encaminhou o caso à Delegacia de Descoberta de Paradeiros. Os policiais fizeram uma perícia no apartamento de Pinho. E agora tentam descobrir quem são os suspeitos que aparecem no vídeo.

“Agora, a gente só quer que as autoridades deem uma resposta para a gente sobre o que aconteceu. A gente quer encontrar ele, de uma forma ou de outra”, disse o primo.

Fonte G1

To Top