TopNews

‘Nada vai atrapalhar o casamento’, diz jovem noiva que foi queimada com ácido na Grande BH

A mulher de 27 anos, atacada com ácido nesta segunda-feira em Raposos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, pretende manter a data do seu casamento mesmo depois de ter as costas, braços e parte das pernas queimados.

“Já está tudo pronto. O vestido, o buffet. Tudo. Só fico triste pelo meu cabelo”, disse a jovem que preferiu não se identificar. Ela ostentava um cabelo longo, mas o ácido acabou deixando-o no comprimento do ombro. “Eu até fiz um coque. Tem extensão também, né? Tudo tem jeito”, disse ela esboçando um sorriso.

Ela foi agredida com chutes por um suspeito encapuzado e atingida pela substância corrosiva quando seguia para o trabalho. Nesta quarta-feira (17), após prestar depoimento, ela disse ao G1 que desconfia que uma ex-amiga tenha ordenado o ataque.

A vítima relatou à Polícia Militar (PM) que havia saído de casa e, por volta das 5h20, avistou uma moto parando. Ela continuou caminhando e foi surpreendida. Nenhum suspeito foi preso.

“Me lembro de um homem se aproximando de mim. Quando ele levantou o rosto, vi que usava uma máscara. Tipo uma caveira. Aí ele me chutou e jogou ácido. Gritei demais, demais. Uma dor horrível”, contou ela. A roupa da vítima ficou toda queimada. Ela está internada em um hospital de Belo Horizonte e pode passar por cirurgias plásticas para refazer a pele.

A PM informou que imagens de câmeras de segurança da rua foram analisadas e mostram uma moto rondando a casa da família. Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para apurar o caso, inicialmente, registrado como lesão corporal. Parentes e o noivo dela já prestaram depoimento.

Segundo a vítima, sua família ainda vem recebendo ameaças. “Tomara que tudo isso acabe rápido”, desabafou. “Eu sou dona da minha vida. Trabalho. Estudo. Tudo vai ficar bem”, disse ela. Fonte G1

To Top