Coordenadores estaduais de Bolsa Família e Cadastro Único avaliam impactos de políticas

Os coordenadores estaduais do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único, além de gestores das áreas de saúde, educação e assistência social estão reunidos até esta sexta-feira (9), em Cuiabá (MS), para avaliar os avanços da política de transferência de renda neste ano e planejar as ações para 2019. O evento também tem o objetivo de dar continuidade à construção de uma Rede Colaborativa de Gestão para compartilhar experiências.

Esta é a primeira vez que o encontro é realizado de forma descentralizada – promovido em parceria com a Coordenação Estadual do Bolsa Família e do Cadastro Único do Mato Grosso e a Superintendência de Inclusão Social da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social de Mato Grosso (Setas-MT). Representantes de todos os Estados e do governo federal participam do evento.

Segundo o coordenador-geral de Apoio à Gestão Descentralizada do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Márcio Fernandes Maurício, a iniciativa contribui para a melhoria no atendimento. “São famílias que enfrentam muitas situações de vulnerabilidade social e que precisam de uma ação mais coordenada, intersetorial. Devemos ter foco no beneficiário, saber quais as suas necessidades para que possamos traçar estratégias de aperfeiçoamento da gestão descentralizada”, destacou.

Novo ciclo - Os impactos dos 15 anos do Programa Bolsa Família na erradicação da pobreza e o novo ciclo de gestão estadual que se inicia no próximo ano também estão sendo discutidos no encontro. “Com a experiência que os Estados adquiriram ao longo do tempo, procuramos promover essa troca de informação e nós, na gestão federal, aprendemos muito, porque levamos para o ministério a visão dos que trabalham apoiando quem está lá na ponta”, explicou o coordenador do MDS.

Além do MDS, representantes do Ministérios da Saúde e da Educação, além da Caixa Econômica Federal, participam do evento.

Notícias em Destaque