Latin America

Soja tem alta na CBOT por conversas entre EUA e China, temores sobre safra do Brasil

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros de soja da Bolsa de Chicago (CBOT) fecharam perto de uma máxima de duas semanas nesta sexta-feira, com otimismo sobre as negociações comerciais dos EUA e da China planejadas para a semana que vem e diante de estimativas menores sobre tamanho da safra brasileira, disseram operadores.

* A soja para março subiu 8,75 centavos, a 9,2150 dólares por bushel, após atingir 9,225 dólares, o maior valor do contrato desde 19 de dezembro.

* Os futuros de soja também fecharam em alta pela terceira alta consecutiva, impulsionados pela notícia de que os Estados Unidos e o maior comprador mundial de soja, a China, realizarão negociações comerciais na semana que vem.

* Preocupações com a redução das perspectivas de safra na América do Sul adicionaram suporte aos futuros, uma vez que os produtores brasileiros de soja enfrentam a perspectiva de menores produtividades.

* A INTL FCStone reduziu sua estimativa da safra de soja do Brasil em cerca de 4 milhões de toneladas para 116,25 milhões de toneladas.

* O contrato março do milho fechou em alta de 3,25 centavos, a 3,83 dólares por bushel, depois de atingir 3,835 dólares, o maior nível desde 19 de dezembro.

* O contrato março do trigo subiu 3,25 centavos, a 5,17 dólares por bushel, após bater 5,1875 dólares, máxima do contrato desde 26 de dezembro.

(Por P.J. Huffstutter)

To Top