Central America

Trump diz não ter pressa para declarar emergência em disputa por muro na fronteira

WASHINGTON (Reuters) – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que não vai declarar emergência nacional por ora como forma de garantir recursos para um muro na fronteira e encerrar uma paralisação parcial do governo, acrescentando que ele prefere que o Congresso aja.

“Queremos que o Congresso faça seu trabalho”, disse Trump durante um evento na Casa Branca sobre segurança de fronteira, acrescentando que os parlamentares democratas “devem retornar e votar”.

“O que não estamos olhando neste momento é emergência nacional”, disse o presidente republicano.

Parcelas do governo norte-americano foram paralisadas no dia 22 de dezembro depois que o financiamento expirou, enquanto Trump e os democratas no Congresso travam uma disputa sobre sua exigência de dinheiro para construir um muro ao longo da fronteira dos EUA com o México.

Trump repetiu sua visão de que ele tem o direito de declarar emergência nacional para retirar recursos destinados a outros setores, mas disse “não vou fazer isso tão rápido”.

Ele também reiterou estar aberto a considerar uma grande reforma da imigração, mas disse que só fará isso após obter recursos para o muro.

(Reportagem de Steve Holland)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF0A1LD-VIEWIMAGE

To Top