LONDRES (Reuters) – A Ford enfrenta uma conta de 800 milhões de dólares se a Inglaterra deixar a União Europeia sem um acordo, afirmou a rede de televisão Sky News citando cálculos da montadora de veículos norte-americana.

A conta inclui tarifas da Organização Mundial de Comércio (OMC) e impacto da desvalorização da libra.

Montadoras de veículos e outras indústrias, incluindo a Airbus, alertaram que um Brexit sem acordo poderá criar, além de tarifas mais altas, interrupção de correntes de fornecedores e desemprego.

A Inglaterra vai deixar a UE em 64 dias e a premiê britânica, Theresa May, não conseguiu apoio para sua proposta de acordo e companhias estão cada vez mais preocupadas sobre uma saída desorganizada do país do bloco.

A Ford tem duas fábricas de motores na Inglaterra, seu terceiro maior mercado, e o país recebe um a cada três carros produzidos pela fábrica da companhia em Colônia, na Alemanha.

(Por Kate Holton e Paul Sandle)