Últimas Notícias

News Corp, de Murdoch, reverte prejuízo e lucra US$ 119 mi no 2º tri fiscal de 2018

portal mix vale notícias últimas

NOVA YORK, EUA (FOLHAPRESS) – A News Corp, do magnata das telecomunicações Rudolph Murdoch, registrou lucro líquido de US$ 119 milhões (R$ 442 milhões) no segundo trimestre fiscal, encerrado em dezembro, ante prejuízo líquido de US$ 66 milhões (R$ 245 milhões) um ano antes, informou a empresa na quinta-feira (7).

O resultado no período foi ajudado pela consolidação dos ganhos vindos da fusão da Foxtel com a Fox Sports Australia. A empresa de Murdoch assumiu o controle da companhia resultante, que se tornou uma das maiores emissoras pagas de esporte e entretenimento australianas.

Contempla ainda o impacto negativo de US$ 174 milhões referente à reforma tributária do presidente Donald Trump, segundo a News Corp.

A receita total da companhia foi de US$ 2,63 bilhões (R$ 9,78 bilhões), alta de 21% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. Excluindo o impacto das aquisições e variações cambiais, o crescimento da receita total da News Corp seria de 3%.

No serviço de informações financeiras e de notícias da News Corp, que inclui ativos como o The Wall Street Journal, o The Sun e o Times of London, a empresa registrou aumento do número de assinantes digitais em suas principais publicações.

Na Dow Jones, que publica o Wall Street Journal, a receita com circulação cresceu 7%, com o acréscimo de 125 mil novos assinantes digitais em relação ao final do trimestre anterior, um aumento de 23%. Ao fim de dezembro, o Journal tinha 1,71 milhão de assinantes digitais, em comparação com 1,389 milhão um ano antes.

As receitas com o digital representaram 32% da receita do segmento de notícias e informações financeiras no trimestre -eram 29% no mesmo período de 2017. No segundo trimestre fiscal, as receitas digitais para a Dow Jones e os principais jornais responderam por 35% da receita combinada. Na Dow Jones, o digital significou 55% da receita com circulação.

Mas, no cômputo geral, a receita do serviço de informações financeiras e de notícias registrou queda de 3%, para US$ 1,26 bilhão, refletindo um impacto negativo de US$ 34 milhões de oscilação cambial, informou a empresa.

Na unidade de notícias, a receita com publicidade recuou 5%, enquanto a com circulação e assinaturas cresceu 1%.

No comunicado que acompanhou o resultado, o executivo-chefe da News Corp, Robert Thomson, atribuiu o desempenho da companhia ao poder do conteúdo de qualidade e um público qualificado em um mundo desafiador para fatos reais e que busca credibilidade.

O segmento de negócio imobiliário digital da empresa, que tem no site Move um de seus principais ativos, viu um aumento de 7% na receita, para US$ 311 milhões. O site oferece uma lista de imóveis à venda e informações para ajudar quem está procurando um lugar para morar.

Já o braço editorial da News Corp teve alta de 6% na receita, para US$ 496 milhões, ajudado pelas vendas de livros como “Homebody,” de Joanna Gaines, e “The Next Person You Meet in Heaven,” de Mitch Albom, sequência de “As Cinco Pessoas que Você Encontra no Céu”.

To Top