Brasil

Sem Renato Gaúcho, Grêmio fica no empate sem gols contra o Brasil-RS em Pelotas

Sem Renato Gaúcho, Grêmio fica no empate sem gols contra o Brasil-RS em Pelotas

O Brasil, de Pelotas (RS), conseguiu frear a campanha irreparável do Grêmio no Campeonato Gaúcho. Jogando no estádio Bento Freitas, o time da casa conseguiu segurar o empate por 0 a 0, pela sétima rodada, com o goleiro Carlos Eduardo como grande destaque com pelo menos três grandes defesas.

Líder isolado com 17 pontos, em 21 disputados, o Grêmio entrou com um time misto em Pelotas. Nem mesmo o técnico Renato Gaúcho ficou no banco de reservas – Victor Hugo Signorelli assumiu de forma interina. Do outro lado, o Brasil-RS precisava muito da vitória. O clube é o lanterna da competição, com apenas quatro pontos e ainda sem vencer.

Mesmo com a diferença técnica entre os elencos, foi o Brasil-RS quem criou a primeira oportunidade do jogo. Aos quatro minutos, Ricardo Luz cobrou o escanteio fechado e Leandro Camilo, livre na pequena área, subiu mais que todo mundo para testar. O zagueiro perdeu o tempo da bola e mandou por cima da meta, perdendo chance clara. A reposta do Grêmio veio aos 22 com Michel balançando a rede pelo lado de fora.

O Grêmio chegou mais duas vezes com perigo e por pouco não abriu o placar. Primeiro, aos 33 minutos, Pepê recebeu nas costas da marcação e saiu na cara do gol, mas o goleiro conseguiu se antecipar. O atacante apareceu de novo na sequência, aos 34, novamente cara a cara com Carlos Eduardo, mas o arqueiro afastou com os pés. Conforme o time de Victor Hugo Signorelli crescia em campo a torcida da casa foi ficando mais apreensiva.

A temperatura subiu aos 38 minutos, quando Jean Pyerre tentou cobrar uma falta com agilidade, mas Leandro Camilo apareceu para atrapalhar. Os jogadores trocaram empurrões, uma pequena confusão se formou no meio de campo, mas o árbitro só amarelou o lateral-esquerdo Juninho Capixaba e o atacante Daniel Cruz.

Com espaços, o Grêmio voltou melhor no segundo tempo. Aos 13 minutos, Pepê recebeu um lançamento longo de Juninho Capixaba, dominou dentro da grande área e tentou bater tirando do goleiro, mas Carlos Eduardo apareceu mais uma vez para defender. Apertando o ritmo, Felipe Vizeu também teve a oportunidade de abrir o placar. O atacante recebeu, limpou a marcação e chegou por cima do gol, levando muito perigo.

Victor Hugo Signorelli tirou Montoya para colocar Everton em campo. O atacante precisou de pouco tempo em campo para ter uma chance. Aos 29 minutos, deu um corte seco na marcação e chutou colocado para mais uma defesa de Carlos Eduardo. Na reta final, aos 34, Juninho Capixaba simulou uma falta no meio de campo. O árbitro foi rigoroso e mostrou o segundo cartão amarelo para o lateral-esquerdo, deixando o Grêmio com um jogador a menos. O Brasil-RS ensaiou uma pressão, mas sem sucesso.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

To Top