Crimes

Homem é morto após esfaquear quatro na região de Marselha

Homem é morto após esfaquear quatro na região de Marselha

MARSELHA, FRANÇA (FOLHAPRESS) – Um homem feriu quatro pessoas à faca em Canebière, área histórica de Marselha, no sul da França, nesta terça-feira (19). Duas vítimas foram atacadas num bonde e outras duas estavam a pé. Uma delas está gravemente ferida, de acordo com a polícia local.

O ataque aconteceu no centro de Marselha, na principal avenida da cidade. Por volta de 12h45 (horário de Brasília), o homem de 36 anos começou as agressões. Quando a polícia chegou, ele reagiu e sacou uma arma.

Os agentes de segurança revidaram, e o homem ficou gravemente ferido. Ele morreu pouco depois. Segundo as autoridades, o ataque não parece ter relação com um atentado terrorista.

A França tem um complicado histórico recente de atentados terroristas. Em janeiro de 2015, os irmãos Saïd e Chérif Kouachi invadiram a Redação do jornal satírico “Charlie Hebdo”, em Paris, e mataram 12 pessoas. No dia seguinte, um comparsa deles matou uma policial, na véspera de adentrar um mercado kosher, fazer reféns e matar outras quatro pessoas.

Alguns meses depois, em 13 de novembro, uma sequência de ataques na periferia e em bairros boêmios da capital francesa deixou como saldo 130 mortes.

Em 2016, nas comemorações do 14 de julho, em Nice, um homem no volante de um caminhão invadiu uma via à beira-mar reservada naquela data a pedestres e fez 86 vítimas.

Por causa dos episódios de 2015, o governo decretou estado de emergência no país, medida que foi estendida diversas vezes e perdurou até outubro de 2017.

Em 2018, houve três ataques na França, o mais recente em maio, quando uma pessoa foi esfaqueada em Paris.

To Top