Esporte

Recuperado, Arthur volta a treinar com grupo do Barça antes de clássicos com Real

Messi perde pênalti, mas dá vitória ao Barça contra time de Ronaldo

Considerado uma peça-chave do meio-campo do Barcelona sob o comando do técnico Ernesto Valverde, o volante brasileiro Arthur voltou aos treinamentos com o restante do elenco nesta segunda-feira, iniciando no campo uma semana em que o time disputará dois clássicos contra o Real Madrid, ambos no estádio Santiago Bernabéu. O primeiro será nesta quarta pelo confronto de volta das semifinais da Copa do Rei. Depois disso, os arquirrivais se reencontram pelo Campeonato Espanhol no sábado.

O ex-jogador do Grêmio comprovou a sua evolução física nesta atividade ocorrida pela manhã depois de ter se lesionado justamente em partida contra o Real, no último dia 6, pelo duelo de ida do mata-mata da Copa do Rei. Ele sofreu uma lesão muscular no bíceps femoral da perna esquerda e o departamento médico do clube catalão previu, naquela ocasião, um período de três a quatro semanas de afastamento dos gramados.

Por causa do problema, Arthur ficou fora dos duelos contra Athletic Bilbao, Valladolid e Sevilla, todos pelo Campeonato Espanhol, e também não pôde atuar no confronto de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, na semana passada, diante do Lyon, na França.

Ainda não se sabe se Arthur poderá atuar em pelo menos uma destes dois clássicos com o Real Madrid. Na última vez em que esteve em campo, o meio-campista ajudou o Barça a buscar um empate por 1 a 1 com o rival no jogo de ida das semifinais da Copa do Rei. Mesmo tendo se lesionado na partida, ele atuou durante os 90 minutos no Camp Nou, onde o seu compatriota Malcom marcou o gol que assegurou a igualdade no placar.

Outra novidade desta segunda-feira no Barcelona foi o retorno do goleiro Jasper Cillesen, que também voltou a participar dos treinamentos com o elenco. Em processo de recuperação de uma outra lesão, o holandês é o reserva imediato de Marc André ter
Stegen, mas vinha atuando nos jogos da Copa do Rei, pois o Barça tradicionalmente costuma usar essa competição para dar uma sequência de jogos ao primeiro suplente desta posição.

Cillesen rompeu um músculo da perna esquerda no dia 1º de fevereiro e o departamento médico do clube estimou um período de seis semanas de afastamento ao atleta.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

To Top