Brasil

Prefeitura de SP multa 46 por xixi na rua durante o pré-carnaval

Prefeitura de SP multa 46 por xixi na rua durante o pré-carnaval

A Prefeitura de São Paulo multou 46 pessoas por urinar na rua durante o pré-carnaval neste fim de semana. No sábado e no domingo, desfilaram pela cidade 196 blocos carnavalescos em 29 subprefeituras. Os desfiles se concentraram nas regiões da Sé, no centro, Vila Mariana, na zona sul, Pinheiros e Lapa, na zona oeste.

No sábado, estrearam na folia paulista as Avenidas Engenheiro Luís Carlos Berrini, na zona sul, e a Marquês de São Vicente, na região oeste. No domingo, o tradicional bloco Acadêmicos do Baixo Augusta voltou a atrair uma multidão na região da Consolação.

Segundo a Prefeitura, fiscais emitiram 46 notificações de multa com base no decreto 57.983, que proíbe o xixi na rua sob pena de pagar R$ 500. Foliões ouvidos pelo Estado durante o fim de semana relataram dificuldade de encontrar banheiros públicos nas proximidades dos blocos.

A Prefeitura informou que foram contratados 1,4 mil banheiros por dia, mas no sábado, a empresa responsável pelos equipamentos entregou 300 unidades a menos, o que teria sido compensado no domingo. A gestão disse que vai ampliar a quantidade de equipamentos durante o carnaval.

“A experiência do primeiro fim de semana da festa na cidade mostrou que, com a organização planejada para este ano, será necessário um incremento em relação ao que foi inicialmente projetado”, informou.

“Por isso, serão disponibilizados 1.700 banheiros por dia nos seis dias restantes do carnaval de rua, além de reorganizar a logística para remanejar os equipamentos onde há maior demanda”, disse, ainda, em nota.

Ainda segundo a Prefeitura, após os desfiles, as equipes de limpeza urbana recolheram mais de 100 toneladas de lixo. “Todo material recolhido foi encaminhado às Centrais Mecanizadas de Triagem.” Também foram apreendidos 1.754 produtos irregulares.

Saúde

Profissionais de saúde atenderam 719 ocorrências nos postos médicos durante o pré-carnaval. Ambulâncias foram acionadas em 46 casos mais graves para encaminhar as vítimas a hospitais.

Júlia Marques
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

To Top