Esporte

Em busca dos gols, Real Madrid perde de novo para o Barcelona e entra em crise

Em busca dos gols, Real Madrid perde de novo para o Barcelona e entra em crise

MADRI, ESPANHA (FOLHAPRESS) – Duas derrotas para o Barcelona em uma semana. Resultados que colocam o Real Madrid em crise e ainda à procura dos gols que foram embora junto de Cristiano Ronaldo.

Neste sábado (2), com gol de Rakitic, o Barça venceu o time da capital espanhola por 1 a 0 e abriu 12 pontos para o rival na liderança do Campeonato Espanhol.

O fato é que o torcedor madridista chegou ao limite. Fora do estádio, antes da partida, pediam a renúncia do presidente Florentino Pérez. O mesmo que, na opinião da torcida, permitiu ao português deixar o clube para a Juventus.

Para acender as arquibancadas, que reagem mais aos erros da própria equipe e a Piqué, chamado de “separatista” e “defraudador”, falta exatamente o gol, esse elemento que Cristiano Ronaldo entregava com a facilidade que os atacantes remanescentes no time não têm.

Vinicius Junior cria com facilidade, mas ainda tem problemas na finalização, como mostrou em um chute que saiu pela lateral. Benzema, com 11 gols, é só o sétimo artilheiro da liga, torneio que se acostumou a ver Ronaldo e Messi disputando o primeiro posto.

O início de partida parecia se assemelhar ao roteiro da última quarta (27), em que o Real mostrou o controle do jogo. Mas esse controle durou apenas 10 minutos. A partir daí, o Barcelona impôs seu ritmo.

Assim como o Real, que insistia pelo lado esquerdo onde tem a vitalidade de Reguilón e Vinicius, o Barça também buscava agredir por essa via, com Messi encontrando Dembelé às costas de Carvajal. O gol, porém, saiu justamente pelo lado oposto.

Sergi Roberto encontrou Rakitic em profundidade e o croata encobriu com classe o goleiro Courtois.

Com o gol, veio maior segurança no jogo dos catalães. Arthur, que voltou de lesão, demorou a achar seu lugar na construção do meio de campo, mas junto de Rakitic passaram a encontrar os passes para Messi com mais facilidade.

O estádio Santiago Bernabéu bem que tenta, mas simplesmente não consegue intimidar o Barcelona, que pela segunda vez em quatro dias saiu vencedor. Dos últimos seis jogos na capital espanhola, os visitantes venceram cinco, com um agregado de 4 a 0 só nesta semana.

As duas derrotas na semana colocam o trabalho de Santiago Solari na corda bamba. Eliminado da Copa do Rei e distante do título nacional, resta a Champions League.

Contudo, no tricampeonato consecutivo havia Cristiano Ronaldo, artilheiro das três edições. Hoje só há a pressão que cresce cada vez mais sobre o Real. Ao contrário do Barcelona, que celebrou com festa no gramado enquanto seus torcedores cantavam “Campeones, campeones!”.

To Top