Desastre

Sobrevivente do incêndio no Flamengo é transferido de hospital

Após tragédia no Ninho do Urubu, CTs são fiscalizados e interditados

Único sobrevivente do incêndio no CT do Flamengo ainda internado, o jovem Jhonata Cruz Ventura foi transferido de hospital neste domingo. O jogador de apenas 16 anos deixou o Municipal Pedro II para passar a ser atendido pelo Hospital Vitória, também no Rio de Janeiro.

A transferência se deve à evolução do paciente, que teve alta do CTI de Queimados. Como não há vaga no momento para a UI Queimados, a família e o Flamengo decidiram transferir o garoto para o outro hospital.

De acordo com o boletim médico divulgado neste domingo, Jhonata apresenta “bom estado clínico”, com previsão de manter o tratamento com antibiótico por mais 14 dias. Ele apresenta “lesões cicatrizadas em face, região cervical, dorso e membro superior esquerdo”.

Mas ainda faz tratamento com curativos em lesões em membro superior e na mão direita, que são as regiões mais afetadas pelas queimaduras sofridas no incêndio no CT Ninho do Urubu, no início de fevereiro. Segundo o boletim, nestas regiões a cicatrização ainda é “lenta”.

“Encontra-se fora de perigo, e de alta do CTI Queimados para a UI Queimados. Como não possuímos vaga neste momento na UI Queimados, a família e o Flamengo optaram pela transferência para o Hospital Vitória para manutenção do curativos em membro superior direito e na mão”, diz o boletim médico.

Dos três sobreviventes do incêndio, Jhonata foi quem apresentou o quadro mais grave desde o início, com mais de 30% do corpo queimado no incêndio que atingiu os contêineres onde estava alojada a base do Flamengo. O episódio trágico aconteceu no dia 8 e causou a morte de dez jovens atletas do clube carioca.

Os outros dois sobreviventes já tiveram alta. Cauan Emanuel e Francisco Dyogo estavam internados no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, no Rio. Com as lesões mais leve, Cauan foi o primeiro a ser liberado. Francisco deixou o hospital uma semana depois do incêndio.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

To Top