Benefícios

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões nesta quarta-feira no concurso 2.133

Mega-Sena-Volantes-Editoria-3

Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões nesta quarta-feira no concurso 2.133. O prêmio principal da Mega-Sena poderá pagar R$ 7 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 2.133, que será sorteado nesta quarta-feira (13), às 20h, no Caminhão da Sorte, que está em Itupeva (SP). Aplicado na poupança o prêmio renderia cerca de R$ 26 mil por mês. O valor também seria suficiente para adquirir uma frota de 46 carros de luxo.


Nenhuma aposta acertou os seis números do concurso 2.132 realizado na sábado (9). As dezenas sorteadas  foram 05, 18, 30, 35, 39 e 60. Mesmo sem aposta contemplada com o prêmio principal, na segunda faixa, com cinco acertos, 41 apostas receberam o prêmio de R$ 41.495,70 cada. Outras 2.912 apostas acertaram quatro números e levaram R$ 834,63 cada.

A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em qualquer uma das mais de 13 mil casas lotéricas do país. Também é possível jogar pelo computador, tablet ou smartphone. Para isso é preciso ter mais de 18 anos e preencher o cadastro na plataforma de Loterias Online da CAIXA, que pode ser acessada clicando aqui.

Ganhou na loteria? Fique atento para proteger seu bilhete e não perder o prazo

Apostadores de todo o país sonham em acertar as seis dezenas da Mega-Sena ou Mega da Virada e ficar milionário, mas nem todos sabem que existem duas regras essenciais para proteger o prêmio antes mesmo de sacar: a identificação do bilhete e o prazo de prescrição.

Rodrigo Hori, gerente nacional de Apoio a Produtos Lotéricos da CAIXA, explica que o primeiro passo é conferir a aposta e logo em seguida fazer a identificação, preenchendo os dados que constam no verso do bilhete. “Uma das recomendações que a gente passa é que o apostador se identifique. Então isso já protege o apostador para receber o prêmio depois”, afirma. Caso ocorra perda ou roubo do bilhete com a identificação, o prêmio não poderá ser sacado por terceiros. 

[yuzo_related]

É preciso também ficar atento aos prazos para resgate do prêmio. O apostador tem até 90 dias corridos a partir da data do sorteio para sacar o valor, tanto em agências bancárias quanto nas casas lotéricas. Hori explica que o início do prazo é contado a partir do dia seguinte da realização do sorteio. “Por exemplo, no caso da Mega da Virada, em que o sorteio acontece no dia 31, o prazo começa a contar a partir do dia 1º de janeiro”, disse o gerente. 

Decorrido o prazo prescricional, os valores são repassados ao Tesouro Nacional para aplicação no Fundo de Financiamento Estudantil. Em 2018, R$ 266,6 milhões deixaram de ser sacados e foram revertidos para o FIES.

Como sacar
Para prêmios de menor valor, até R$ 1.903,98, o ganhador tem a opção de sacar o valor tanto nas lotéricas quanto nas agências da CAIXA. Acima desse valor, o prêmio só pode ser retirado nas agências. Os valores são válidos para todos os canais onde é possível realizar apostas – lotéricas, Internet Banking CAIXA e Portal Loterias Online da CAIXA, sempre portando o bilhete emitido pela lotérica ou impresso dos canais digitais, além do documento de identificação.

No Loterias Online, para conferir se o bilhete foi premiado basta apenas um clique, e, no caso de premiação, é necessário imprimir o bilhete gerado pelo sistema. “Ele já vem identificado quando se faz online. Já vem com o código de barras e o número do bilhete. Ao imprimir o bilhete, o apostador leva até a agência bancária e saca com os dados que estão impressos”, explica Hori. 

Para prêmios de valor até R$ 1.903,98 de apostas realizadas no Loterias Online, além do saque presencial, o ganhador ainda tem a opção de creditar diretamente para a conta do Mercado Pago.

To Top