Brasil

Exército prende 10 militares envolvidos em ação que resultou em morte de homem no RJ

Exército prende 10 militares envolvidos em ação que resultou em morte de homem no RJ

RIO DE JANEIRO (Reuters) – Exército prende 10 militares envolvidos em ação que resultou em morte de homem no RJ. O Comando Militar do Leste (CML) determinou, nesta segunda-feira, a prisão de dez militares suspeitos de “descumprimento de regras de engajamento” em decorrência de um incidente que resultou na morte de um homem, no domingo, na zona norte do Rio de Janeiro, informou o CML.

Segundo nota do CML, inconsistências entre os fatos inicialmente reportados pelos militares envolvidos no incidente e informações posteriores conduziram ao afastamento imediato da tropa envolvida no episódio, e 10 de 12 militares ouvidos pelas autoridades militares tiveram a prisão decretada.

De acordo com a TV Globo, militares dispararam dezenas de tiros contra um veículo que pertencia a uma família, matando o motorista e ferindo mais dois ocupantes. Os soldados teriam confundido o carro da família com um veículo de supostos criminosos que teriam disparado contra os militares, segundo a emissora.

Os soldados envolvidos no incidente foram encaminhados à Delegacia de Polícia Judiciária Militar durante a madrugada, onde prestaram depoimentos individuais. Uma testemunha civil também foi ouvida, de acordo com o CML.

“A partir de agora esses militares passam à disposição da Justiça Militar da União, a quem cabe, obedecido o prazo legal, realizar a Audiência de Custódia e determinar como será dado prosseguimento”, informou o CML em nota.

Em nota, o CML também repudiou os excessos ou abusos que venham a ser cometidos por militares em exercício de suas atividades, reiterando o “compromisso com a transparência e os parâmetros legais impostos pelo Estado de Direito ao uso legítimo da força por seus membros”.

(Reportagem de Débora Moreira; Edição de Pedro Fonseca)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF371HL-VIEWIMAGE

To Top