Advent busca captação de US$2 bi em fundo de private equity para AL, dizem fontes

Unidade paulistana do Walmart Brasil, que tem a Advent entre seus controladores

Por Carolina Mandl

SÃO PAULO (Reuters) – A gestora de fundos de private equity Advent International vai lançar um fundo de 2,2 bilhões de dólares para investir em empresas latino-americanas, disseram à Reuters duas pessoas com conhecimento do assunto.

O fundo, que será lançado nos próximos dias, será o sétimo da Advent para a América Latina e o maior da região. O último fundo latino-americano da Advent alcançou 2,1 bilhões de dólares em captações em 2014.

O objetivo da Advent é concluir a captação até setembro, de acordo com uma das fontes. A Advent se recusou a comentar o assunto.

A gestora já investiu em empresas no Brasil, Colômbia, Argentina, Chile, México e Peru.

A decisão da Advent ilustra como os investidores de longo prazo não azedaram o humor com a América Latina, apesar do crescimento mais fraco e dos riscos políticos, apostando na retomada do crescimento da região nos próximos anos, como prevê o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Uma das maiores apostas da Advent na América Latina foi a aquisição de uma participação de 80 por cento nas operações brasileiras do Walmart em junho passado.

O maior varejista do mundo fez uma baixa contábil de aproximadamente 4,5 bilhões de dólares com a venda da participação. A Advent deve investir 1,9 bilhão de reais para reverter as operações do Walmart no Brasil.

A Advent, que tinha 36 bilhões de dólares em ativos sob gestão em dezembro, já levantou mais de 6 bilhões em fundos de private equity para a América Latina desde 1996.

O portfólio da empresa na América Latina inclui também a processadora de cartões argentina Prisma Medios de Pagos, a empresa de educação Estácio e a peruana especializada em terceirização tecnologia da informação Canvia.