Latin America

Morre 2º homem atingido por tiros do Exército contra carro de família no Rio

RIO DE JANEIRO (Reuters) – Um segundo homem atingido por tiros disparados por militares do Exército contra um carro de família na zona oeste do Rio de Janeiro morreu nesta quinta-feira, após passar mais de 10 dias internado, informou o Hospital Estadual Carlos Chagas.

O catador Luciano Macedo estava hospitalizado desde 7 de abril em estado grave. Ele foi baleado por homens do Exército ao tentar ajudar a família que teve o carro atingido por mais de 80 tiros disparados pela militares.

O motorista do carro, o músico Evaldo dos Santos Rosa, morreu na hora, e o sogro dele também foi atingido por disparos, mas está fora de perigo.

De acordo com as investigações do incidente, os soldados aparentemente confundiram o carro da família, em que estavam cinco pessoas, com um veículo usado por suspeitos na mesma região.

Dez militares do Exército envolvidos no episódio foram presos em flagrante, e nove deles tiveram prisão preventiva decretada pela Justiça Militar da União.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF3H0TX-BASEIMAGE

To Top