Asia

Ações da Tesla valeriam apenas US$10 no pior cenário, diz Morgan Stanley

BANGALORE, Índia (Reuters) – Novas quedas no preço das ações da Tesla aumentaram as chances dos papeis serem vendidos nos próximos anos, disseram nesta terça-feira analistas do Morgan Stanley, que cortaram o valor das ações da empresa para apenas 10 dólares no pior cenário.

A última de uma rodada de notas críticas de analistas de Wall Street segue um mergulho nas ações e títulos da Tesla na segunda-feira, com os investidores preocupados com os gastos da empresa e problemas com um sistema de piloto automático que fundador da empresa, Elon Musk, defendeu como chave para o futuro da companhia.

O analista Adam Jonas disse que o aumento da dívida e a exposição geopolítica da Tesla, incluindo o risco de que a demanda chinesa pelos carros da empresa possa sofrer, o levaram a reduzir sua avaliação pessimista da ação da empresa de 97 para 10 dólares.

As ações da Tesla, que acumulam queda de quase 50 por cento desde agosto, fecharam a 205,36 dólares na segunda-feira. Jonas manteve seu preço alvo em 230 dólares e também tem uma cenário positivo em que calcula que o papel pode chegar a 391 dólares.

“Acreditamos que quando o preço da ação da Tesla cair, a probabilidade da empresa buscar alternativas de parceiros estratégicos/industriais/financeiros aumenta”, disse a corretora em nota.

“Com base em nossas discussões com empresas automotivas, fornecedores e companhias de tecnologia, o valor estratégico e a competência técnica da Tesla em hardware e software permanecem extremamente altos, se não em um nível dela própria.”

Outra casa, Baird, reduziu seu preço alvo para ação da Tesla de 400 para 340 dólares.

(Por Tanvi Mehta e Aniruddha Chakrabarty)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF4K1FX-BASEIMAGE

To Top