terça-feira, dezembro 10, 2019
Início Benefícios Saiba como renegociar a dívida no feirão da Caixa Econômica

Saiba como renegociar a dívida no feirão da Caixa Econômica

11
INSS Previdência Pente-Fino Revisão Antencipação Salário Social Reforma da Previdência Aposentadoria Benefícios FGTS Bolsa Família Nis CNIS Extrato Banco Governo Pis Pasep Pis-Pasep Aposentado Idoso FGTS Caixa Banco do Cálculo Demora Brasil Maternidade Auxílio-Reclusão Saques Pagamento Vencimento Retiradas Refis MeuINSS Auxílio-Doença Aposentadoria Por Invalidez Contribuição BPC-Loas Pensão por Morte Pensionista Empréstimo MEi Consignado
Foto ilustrativa de recebimento do Pis e Pasep na Caixa

A Caixa Econômica Federal abriu, na última terça-feira (28), a Campanha Você no Azul, para renegociar dívidas dos clientes. Serão dados descontos que vão de 40% e 90% para quem pagar à vista.

A ação vale para quem tem débitos com mais de um ano em atraso. Em SP, cerca de 720 mil clientes podem aderir ao programa.

O Agora ouviu especialistas que mostram como conseguir o dinheiro para o pagamento à vista.

Na opinião do educador financeiro do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) Brasil, José Vignoli, a disciplina e o planejamento são fundamentais.

“Faça uma releitura das despesas e cortes no orçamento. Aproveite a ocasião para repensar a forma de trabalhar com seu dinheiro para que não repita o erro”, orienta Vignoli.

O ideal é fugir de bancos e financeiras. “Antecipe um recebimento que não custe juros, como férias e décimo terceiro da empresa”, explica.

A campanha, iniciada há uma semana, vai durar 90 dias. Vignoli orienta o cliente a procurar o banco o quanto antes para saber o valor da dívida e ter tempo de planejar o pagamento.

O coordenador do Núcleo de Superendividamento do Procon-SP, Diógenes Donizete, aconselha o consumidor a respeitar seus limites orçamentários para não contrair nova dívida.

“Se optar por novo contrato, deve evitar prazos longos e parcelas com valores que ultrapassem 30% da renda mensal líquida”, ensina ele.

O especialista em finanças e negócios , Estevão Alexandre Garcia, também faz um alerta em relação aos empréstimos e financiamentos. “Só valerá a pena se o valor da parcela e a taxa de juros forem baixos.” O especialista afirma que, se for pegar um empréstimo para quitar o valor à vista, é preciso priorizar os que tenham juros mais baixos.

Para não se dar mal | Veja o que fazer

  • A Caixa Econômica Federal está dando descontos de 40% a 90% para quem tem dívidas com o banco
  • O cliente só poderá quitar os valores à vista; a medida vale para débitos de mais de um ano
  • Ao todo, são 2,9 milhões de clientes que podem aderir a essa campanha
  • No estado de São Paulo, 720 mil se encaixam no perfil

Confira as principais dicas

1 – Descubra o valor de sua dívida
O primeiro passo para o cliente que tem dívidas com a Caixa é saber o valor do débito
Para isso, o banco estatal disponibiliza vários canais de atendimento:

Pela internet

  • Acesse www.negociardividas.caixa.gov.br
  • Será preciso informar o CPF
  • O segundo passo é a solicitação para que o cliente confirme um telefone, para que possa ser enviado um SMS
  • Com esse código, o atendimento começará a ser feito

Por telefone

  • Ligue para 0800-7268068
  • Escolha a opção 8 para obter a informação sobre os débitos

Redes sociais

  • Facebook (facebook.com/caixa)
  • Twitter (twitter.com/caixa)

Pessoalmente
O cliente pode procurar uma agência ou ser atendido nas unidades móveis, chamadas de Caminhões Você no Azul, que circularão pelas grandes cidades

Em todos os casos, tenha em mãos:
Nome completo, CPF e RG

2 – Reveja seu orçamento antes de negociar com o banco

  • Quem não quer mais ter o nome sujo precisa rever seus gastos, antes de começar a quitar os débitos
  • O primeiro passo é entender o que é possível cortar no orçamento, para saber se consegue o dinheiro para pagar a dívida com a Caixa sem precisar recorrer a outro empréstimo
  • Caso tenha mais de um débito com o banco, negocie o contrato que possui as maiores taxas de juros, como cartão de crédito e cheque especial, por exemplo

3 – Como o pagamento é à vista, veja onde buscar a grana

  • Se não tiver o dinheiro para quitar o valor com a Caixa e o desconto oferecido pelo banco valer muito a pena, busque alguma forma de conseguir a grana
  • Tente antecipar valores de férias ou do 13º, por exemplo, diretamente com o patrão, para não pagar mais juros a bancos
  • Fuja, sempre que possível, de bancos e financeiras

4 – Calcule se vale a pena pegar novo empréstimo para a quitação

  • Se a melhor alternativa encontrada para pagar a Caixa for um novo empréstimo ou financiamento, é preciso ficar ligado em alguns pontos
  • O primeiro deles é o custo do novo contrato
  • Além disso, também é necessário levar em conta o tempo para o pagamento e a possibilidade de não sair da situação de devedor e se prejudicar
  • Tome empréstimo com cautela, respeitando seus limites orçamentários
  • Evite prazos longos e parcelas altas
  • O valor não pode ultrapassar 30% da renda líquida do devedor
  • No site www.procon.sp.gov.br, é possível comparar taxas de juros bancários

Veja os exemplos
Estevão Alexandre Garcia, especialista em finanças e negócios e coordenador do curso de pós-graduação em gestão de custos e negócios da faculdade Fipecafi, simulou dois cenários:

Cenário 1
Um consumidor com renda mensal de R$ 5.000
A dívida com o banco é de R$ 15 mil
Se a Caixa conceder 40% de desconto, o valor do débito cairá para R$ 9.000

Conclusão
O novo parcelamento não poderá ultrapassar um terço da dívida, ou seja, R$ 1.500

Cenário 2
Um trabalhador com renda mensal de R$ 998
A dívida com o banco é de R$ 5.000
Se a Caixa conceder 60% de desconto, o valor cairá para R$ 2.000

Conclusão
Neste caso, o novo parcelamento não poderá ser maior do que R$ 330

Entenda o refinanciamento
A Campanha Você no Azul começou no dia 28 de maio e tem duração de 90 dias

Débitos que podem ser negociados:

  • Contratos com mais de 360 dias de atraso
  • Valores de dívida entre R$ 50 e R$ 5 milhões
  • Contratos sem garantia

* Clientes sem suspeita de fraude

ABC receberá unidade móvel da campanha

Os clientes da Caixa Econômica Federal de Santo André (ABC) e região terão a oportunidade de liquidar suas dívidas diretamente no Caminhão Você no Azul, unidade móvel de atendimento do banco, disponível a partir de quinta-feira (6).

O caminhão ficará estacionado na cidade até 14 de junho, no Grand Plaza Shopping, na avenida Industrial. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.