Latin America

MPF denuncia delegado da PF por esquema de propina para atrapalhar investigações

MPF denuncia delegado da PF por esquema de propina para atrapalhar investigações

Uma organização criminosa que atuava dentro da Superintendência da Polícia Federal do Rio de Janeiro atrapalhando investigações em troca de propina foi denunciada à Justiça pelo Ministério Público Federal (MPF) por suspeita de corrupção, informou o MPF nesta sexta feira.

Entre os 11 denunciados estão um delegado, um delegado aposentado e um escrivão, além de empresários, segundo o MPF.

A quadrilha atuava para atrapalhar e retardar investigações contra empresas e pessoas em troca de recebimento de propina. O montante da pagamentos ilegais pode ter superado 5 milhões de reais, de acordo com as investigações.

“A denúncia é resultado de investigação realizada a partir de inquérito policial instaurado para apurar esquema criminoso envolvendo a solicitação de vantagens indevidas por servidores lotados no Núcleo de Repressão a Crimes Postais… para que excluíssem os nomes de empresários e de suas empresas das investigações em curso naquele núcleo”, informou o MPF em nota.

O esquema de pagamento de propina envolvia investigações de irregularidades e fraudes ocorridas no plano de saúde e no fundo de pensão do funcionários dos Correios.

A descoberta do esquema foi possível graças a acordos de delação premiada fechados com empresários que receberam pedidos de pagamento, afirmaram os procuradores.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

To Top