Business

Crescimento de publicidade online desacelera e deve chegar a menor nível desde 2001

(Reuters) – Os gastos globais com publicidade devem crescer 4,6% em 2019, uma queda em relação às estimativas anteriores, com a publicidade na internet desacelerando para um dígito em 2021 pela primeira vez desde a explosão da bolha da internet, informou a empresa Zenith.

A Zenith, de propriedade do grupo publicitário francês Publicis, disse em um relatório publicado nesta segunda-feira que a publicidade na internet responderia por 52% dos gastos globais com publicidade em 2021, superando a marca de 50% pela primeira vez.

O relatório é divulgado durante o período em que as empresas de publicidade, incluindo a líder de mercado WPP, viram clientes mudando para plataformas online como Google e Facebook para alcançar consumidores.

Atualmente, 47% do total gasto com publicidade globalmente é gasto na internet, de acordo com a Zenith, acima dos 44% do ano passado, mas a taxa de crescimento deverá desacelerar com o amadurecimento do mercado de anúncios na internet.

“O ano de 2021 será o primeiro de crescimento de um dígito na publicidade online desde 2001, ano em que a bolha da internet estourou”, disse Jonathan Barnard, chefe da área de previsão da Zenith.

No entanto, enquanto as grandes marcas ainda dependem muito da mídia tradicional, as pequenas e médias empresas gastam todos os seus orçamentos em plataformas como o Google e o Facebook. Por outro lado, os grandes anunciantes dedicam, em média, menos da metade de seus orçamentos à publicidade online.

Os gastos globais com publicidade devem aumentar para 28 bilhões de dólares em 2019, disse Zenith, acrescentando que cerca de metade do crescimento seria dos Estados Unidos, ajudado pelo rápido crescimento da publicidade na internet.

(Por Sangameswaran S em Bangalore)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF671CR-BASEIMAGE

To Top