Europe

Neymar pode deixar PSG se recebermos oferta, diz Leonardo

(Reuters) – O diretor esportivo do Paris Saint-Germain, Leonardo, disse que Neymar é livre para deixar os campeões franceses, mas que ainda não houve ofertas, apenas conversas “superficiais” com seu antigo clube, o Barcelona.

O atacante brasileiro deixou o clube espanhol para se juntar ao PSG com um contrato de 5 anos, em uma transferência recorde de 222 milhões de euros em 2017.

“Neymar pode deixar o PSG se houver uma oferta que atenda a todos. Mas, até o momento, não sabemos se alguém quer comprá-lo ou a que preço. Tudo isso não é feito em um dia, isso é certo”, disse Leonardo ao jornal Le Parisien.

“Está claro para todos (que ele quer sair), mas, no futebol, você diz uma coisa hoje e outra amanhã… É incrível, mas é assim. Nós conversamos com a equipe dele também. Todos sabem tudo”.

“O posicionamento está claro para todos os envolvidos. Mas uma coisa é certa hoje: ele ainda tem três anos de contrato conosco e, já que não recebemos uma oferta, não podemos discutir nada”.

O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartolomeu, disse na semana passada que Neymar queria voltar à Espanha, mas que o PSG estava relutante em vendê-lo.

“Não recebemos nenhuma oferta”, disse Leonardo, “mas tivemos, é verdade, contatos bem superficiais (com o Barcelona). Eles disseram que querem comprar, mas que nós não queremos vender”.

Leonardo reiterou que “ele (Bartolomeu) é quem está falando isso… Mas nós não enxergamos que o Barcelona realmente estivesse em posição de comprador”.

O Paris Saint-Germain informou na segunda-feira que puniria o atacante após ele faltar a um treino.

(Por Arjun Panchadar, em Bengaluru; Reportagem adicional de Camille Raynaud, em Gdynia)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF680VP-BASEIMAGE

To Top