Últimas Notícias

Federer e Nadal duelam em Wimbledon; veja o que está em disputa

portal mix vale notícias últimas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O suíço Roger Federer, 37, e o espanhol Rafael Nadal, 33, se enfrentam nesta sexta-feira (12) pela semifinal do torneio de Wimbledon (com transmissão do SporTV 3).

O horário de início da partida depende do andamento da outra semifinal, entre o sérvio Novak Djokovic, 32, e o espanhol Roberto Bautista Agut, 31. Esse jogo começou às 9h.

Saiba mais sobre o “Fedal” de número 40, acompanhado com muita expectativa por vários motivos:

RECORDE

A marca de 20 títulos de Grand Slam obtida por Federer é seguida de perto por Nadal, que tem 18, e Djokovic (15). Como os três são semifinalistas em Wimbledon, o torneio tem uma disputa direta entre o suíço, que tenta se distanciar na liderança, e os rivais, mais novos e que buscam alcançá-lo nos próximos anos.

GRAMA

Vencedor de Wimbledon oito vezes, Federer sempre esteve à vontade na grama, piso que costuma privilegiar um estilo de jogo ofensivo e bons sacadores. Já Nadal, duas vezes campeão do Grand Slam britânico e 12 vezes de Roland Garros (jogado no saibro), estabeleceu seu domínio no piso mais lento.

Isso não significa que ele não seja capaz de jogar bem na grama, como o próprio Federer destacou na quarta (10). “O jogo do Rafa pode machucar qualquer um em qualquer piso. Ele não é apenas um especialista no saibro. Ele melhorou muito ao longo dos anos nesta superfície [grama] e também está jogando muito diferente do que costumava fazer”, afirmou.

Há uma polêmica em torno da velocidade da superfície nesta edição de Wimbledon. O suíço foi um dos que destacaram que as bolas estariam andando mais lentamente que o normal. “Senti que a quadra estava lenta. Eu não pude impactar tanto os golpes”, ele declarou após a sua estreia, na quadra central.

Já Nadal minimizou a questão. “A superfície para mim é a mesma de sempre. Eu tenho jogado aqui desde 2003. Honestamente, não vejo diferença”, disse no último sábado (6).

RETROSPECTO

Embora a vantagem de Nadal seja ampla no histórico dos confrontos entre os dois (24 vitórias a 15), na grama a história é diferente. Eles se enfrentaram três vezes, em três finais de Wimbledon (2006, 2007 e 2008). Federer ganhou as duas primeiras, e o espanhol, a terceira, em um jogo memorável. A possibilidade de empatar o retrospecto com o suíço no torneio em que ele mais dominou seria um grande feito para Nadal.

PREÇOS

Os ingressos para Wimbledon se esgotam com muita antecedência, e para consegui-los sem ser uma celebridade ou acampar na fila é necessário participar de um concorrido sorteio. No mercado de revenda de entradas, porém, é possível medir quanto interesse o “Fedal 40” desperta nos fãs de tênis.

Segundo o site TenisBrasil, um lugar na primeira fileira da quadra central para as semifinais desta sexta era revendido a R$ 33.800 pelo site Via GoGo na noite de quarta (10), após a definição dos confrontos.

Favoritismo Segundo as principais casas de apostas do mundo, é do espanhol Rafael Nadal, cuja vitória nesta sexta pagaria menos aos apostadores do que a do suíço.

To Top