Economy

Preços do petróleo caem cerca de 2,5% com retomada de produção dos EUA no Golfo do México

Por Jessica Resnick-Ault

NOVA YORK (Reuters) – O petróleo recuou cerca de 2,5% nesta quinta-feira, pressionado pela fraqueza nos mercados de ações dos Estados Unidos e por expectativas de que a produção petrolífera volte a avançar no Golfo do México depois de um furacão ter passado pela região na última semana.

Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam em queda de 1,73 dólar, ou 2,7%, a 61,93 dólares por barril.

Os futuros do petróleo dos EUA, por sua vez, recuaram 1,48 dólar, ou 2,6%, fechando a 55,30 dólares o barril.

A perspectiva de longo prazo para o petróleo também se tornou amplamente baixista, disseram participantes do mercado nesta quinta-feira. Especuladores deixaram posições de opções que poderiam ter fornecido exposição a preços mais altos nos próximos anos, segundo eles.

A produção “offshore” de petróleo e gás dos EUA continua a retomar operações desde que o furacão Barry passou pelo Golfo do México na semana passada, gerando evacuações de plataformas e cortes de bombeamento. A Shell, importante produtora no Golfo, afirmou na quarta-feira que retomou cerca de 80% de sua produção diária média na região.

“Havia pessoas tentando aproveitar a tempestade e a diminuição de 9 milhões (de barris nos estoques de petróleo dos EUA) na última semana”, disse Bob Yawger, diretor de energia da Mizuho. “Nesta semana, a situação mudou totalmente, e todo mundo está tentando sair do mercado.”

(Reportagem adicional de Aaron Sheldrick em Tóquio e Bozorgmehr Sharafedin em Londres)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF6H21D-BASEIMAGE

To Top