Latin America

Ex-presidente das Maldivas diz ser inocente de acusações de lavagem de dinheiro

Por Mohamed Junayd

MALE (Reuters) – Abdulla Yameen, ex-presidente das Maldivas, declarou neste domingo não ser culpado de acusações de lavagem de dinheiro, na primeira audiência de um julgamento em tribunal criminal sobre o assunto.

Yameen, que levou o país insular do Oceano Índico para mais perto da China durante seu mandato, é acusado de receber 1 milhão de dólares de dinheiro do governo por meio de uma empresa privada, a SOF Private Ltd, envolvida em um acordo corrupto de arrendamento de ilhas tropicais para o desenvolvimento de hotéis.

O escândalo de corrupção, originalmente descoberto por uma auditoria interna, envolveu vários outros líderes políticos e empresários, que também negaram qualquer irregularidade.

O SOF Private não pôde ser contatada imediatamente para comentários.

To Top