Entertainment and Lifestyle

Lady Gaga tenta transformar “fúria em esperança” em cidades dos EUA abaladas por massacres

Por Barbara Goldberg

(Reuters) – Em El Paso, no Estado norte-americano do Texas, há livros para estudantes do terceiro ano fundamental, muitos dos quais não têm nenhum em casa. Estudantes deficientes de Dayton, no Ohio, ganharão assentos infláveis para se acalmarem para o aprendizado. Kits de ciência serão destinados a alunos do quinto ano fundamental em Gilroy, na Califórnia.

Estão são somente três de uma série de iniciativas em escolas locais que a cantora Lady Gaga, vencedora do Grammy, prometeu financiar quando os estudantes destas cidades, as mais recentes a serem abaladas por tiroteios nos Estados Unidos, voltarem às aulas nesta semana.

Sua meta é levar alguma esperança a locais devastados por uma semana extraordinária de ataques a tiros em um país anestesiado por uma sequência contínua de notícias sobre violência com armas.

“Quero canalizar minha confusão, frustração e fúria em esperança”, disse Gaga no Facebook, onde anunciou a doação de sua Fundação Born This Way em parceria com a entidade sem fins lucrativos DonorsChoose.

Gaga prometeu “financiar totalmente” os projetos escolares, inclusive pedidos feitos por professores de 125 salas de aula de El Paso, 14 salas de Dayton e 23 salas de Gilroy.

O valor total da doação não foi revelado. A DonorsChoose não respondeu a uma pergunta da Reuters sobre a questão.

Massacres consecutivos cometidos em El Paso e Dayton uma semana atrás deixaram 31 mortos. Mais três pessoas morreram quando um homem abriu fogo durante um festival gastronômico em Gilroy no final de semana anterior.

Entre os mortos havia três jovens em idade escolar. Stephen Romero, de 6 anos, estava brincando perto de um pula-pula no Festival do Alho de Gilroy quando foi morto. Uma menina de 13 anos chamada Keyla Salazar também morreu. Em El Paso, Javier Amir Rodriguez, de 15 anos, foi morto.

Além das 34 pessoas que morreram e das ao menos 65 que ficaram feridas, os ataques provavelmente tiveram um efeito psicológico em jovens das três cidades que foram vitimadas.

Gaga incentivou seus seguidores no Facebook a buscarem toda e qualquer ajuda de saúde mental que possam precisar para se recuperarem.  Ela disse que as doações às escolas darão aos professores “o apoio que precisam para inspirar seus alunos a trabalharem juntos e realizar seus sonhos”.

A DonorsChoose, instituição de caridade criada em 2000 por um professor de escola pública do bairro do Bronx, em Nova York, que queria que seus alunos lessem um livro mas não podia comprar sequer uma cópia, disse que tragédias como os massacres recentes podem acabar revelando algumas das características redentoras da humanidade.

“Saber que pessoas de todo o país – e ainda mais alguém como Lady Gaga e a Fundação Born This Way – querem expressar um ato aleatório de gentileza para você e sua comunidade é um lembrete de que há muito mais pessoas que querem fazer o bem no mundo”, disse Christopher Pearsall, vice-presidente da DonorsChoose.

(Por Barbara Goldberg em Nova York)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF7B126-BASEIMAGE

To Top