Entretenimento

Ferrari faz nova dobradinha no 3º treino livre na Bélgica e Hamilton bate

O cenário da sexta-feira se repetiu neste sábado e a Ferrari fez mais uma dobradinha no terceiro e último treino livre para o GP da Bélgica da Fórmula 1. Novamente com o monegasco Charles Leclerc na frente, a equipe italiana dominou a atividade outra vez.

Leclerc, que também havia sido o primeiro no segundo treino livre, marcou 1min44s206, 0s451 mais rápido que seu companheiro Sebastian Vettel, o segundo no charmoso circuito de Spa-Francorchamps. O único que chegou a ameaçar a soberania da Ferrari nos trabalhos foi o finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, que apareceu 0s046 atrás do alemão.

Além do desempenho positivo da Ferrari, chamou a atenção o acidente de Lewis Hamilton. No início da segunda metade da atividade, o piloto da Mercedes, que lidera o campeonato com folga, errou na passagem sobre uma zebra e bateu forte de frente na proteção de pneus na curva Les Fagnes.

O inglês pentacampeão mundial não se machucou, mas seu carro foi danificado, especialmente a suspensão dianteira, que ficou destruída, o que dará trabalho para os mecânicos da Mercedes deixarem o piloto em condições de correr na sessão classificatória.

Com a batida, Hamilton terminou o treino apenas em sétimo. À frente dele vieram o italiano Daniel Ricciardo, surpresa da atividade, ao levar a sua Renault à quarta colocação, o holandês Max Verstappen, da Red Bull, no quinto posto, e o mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, que fechou em sexto.

Completaram o grupo dos dez primeiros colocados, na sequência, o finlandês Kimi Raikkonen e o italiano Antonio Giovinazzi, companheiros na Alfa Romeo, e o francês Pierre Gasly, da Toro Rosso.

O treino que definirá o grid do GP da Bélgica de Fórmula 1 em Spa-Francorcamps tem início às 10 horas (de Brasília), neste sábado. A corrida está marcada para as 10h10 do domingo.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

To Top