Economy

Johnson desafia adversários a concordarem com eleição em 15 de outubro no Reino Unido

LONDRES (Reuters) – O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, desafiou nesta quarta-feira o líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, de oposição, a concordar com uma eleição parlamentar em 15 de outubro, chamando um plano liderado pelos trabalhistas para tentar impedir um Brexit sem acordo de “rendição”.

“Este governo retirará este país da União Europeia em 31 de outubro, e há apenas uma coisa que está no nosso caminho: a rendição atualmente proposta pelo líder da oposição (Corbyn)”, disse Johnson ao Parlamento.

“Posso convidar o líder da oposição para confirmar, quando se levantar em breve, que se a rendição for aprovada ele permitirá que as pessoas deste país tenham sua opinião sobre o que ele propõe entregar em seu nome, com uma eleição em 15 de outubro?”, acrescentou.

(Reportagem de Kylie MacLellan)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF830ZJ-BASEIMAGE

To Top