Brasil

Ponte Preta tem semana livre após maratona e Gilson Kleina projeta intertemporada

STJD recebe pedido da Ponte Preta para anulação de jogo da Copa do Brasil

O empate sem gols com o Criciúma, na última terça-feira, fora de casa, no estádio Heriberto Hulse, colocou fim à maratona desgastante a qual o elenco da Ponte Preta foi submetido desde o retorno da Série B do Campeonato Brasileiro, após pausa para a Copa América.

Entre 12 de julho e 03 de setembro – 54 dias -, a Ponte disputou 13 jogos oficiais, com viagens e logísticas ingratas. Neste período, foram quatro vitórias, quatro empates e cinco derrotas, com 41% de aproveitamento.

Agora, o plantel alvinegro terá mais de uma semana entre as partidas para se preparar. O próximo compromisso do time dirigido por Gilson Kleina acontece na próxima quinta-feira, dia 12 de setembro, diante do Vila Nova, às 21h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Até lá, os atletas da Ponte serão submetidos à intertemporada, possivelmente na região metropolitana de Campinas – o clube ainda não divulgou detalhes. A reapresentação do plantel acontece nesta tarde de quinta, no CT do Jardim Eulina.

Essa mudança na programação, na verdade, foi um pedido do treinador à diretoria, na tentativa de conhecer melhor as características dos atletas e otimizar o desempenho em campo.

“Vamos trabalhar e intensificar os treinamentos do meio para frente. A diretoria não está medindo esforços, pois fiz uma solicitação para fazermos uma intertemporada. Quero encontrar o local e levar o elenco para nos conhecermos bem. É importante dar entendimento do que é a equipe, pois pode render e ser mais coesa”, comentou Kleina.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

To Top