Economy

Preços do petróleo caem após notícia de que Trump considera aliviar sanções sobre Irã

Por Devika Krishna Kumar

NOVA YORK (Reuters) – Os preços do petróleo recuaram mais de 2% nesta quarta-feira, após uma notícia de que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, considera aliviar as sanções sobre o Irã, o que poderia aumentar a oferta global de petróleo em um momento de crescentes preocupações quanto à demanda por energia no mundo.

Participantes do mercado citaram uma reportagem da Bloomberg, que afirma que Trump discutiu flexibilizar as sanções contra o Irã para ajudar a garantir um encontro com o presidente iraniano, Hassan Rouhani, no final deste mês.

A reportagem da Bloomberg, que menciona três fontes anônimas, disse que o então assessor de Segurança Nacional norte-americano, John Bolton, argumentou contra essa medida.

O petróleo Brent fechou em queda de 1,57 dólar, ou 2,5%, a 60,81 dólares por barril, após atingir uma mínima de sessão de 60,52 dólares, enquanto o petróleo dos EUA recuou 1,65 dólar, ou 2,9%, e fechou a 55,75 dólares o barril, depois de tocar uma mínima de 55,61 dólares.

“A razão para o mercado ter reagido de maneira tão dramática é que a maior pressão baixista sobre ele é a possibilidade da reentrada do petróleo iraniano”, disse Phil Flynn, analista do Price Futures Group. “Percebemos o tamanho do impacto que isso possui sobre o mercado no final do ano passado, quando Trump concedeu isenções aos maiores compradores de petróleo do Irã.”

(Reportagem adicional de Jessica Resnick-Ault em Nova York, Ron Bousso em Londres e Aaron Sheldrick em Tóquio)

tagreuters.com2019binary_LYNXNPEF8A1QA-BASEIMAGE

To Top