Latin America

Soja avança por fortes exportações dos EUA e otimismo comercial com China

Por Karl Plume

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros da soja em Chicago se firmaram nesta quinta-feira, conforme fortes dados semanais de vendas de exportação pelos Estados Unidos e expectativas de progresso em direção a um acordo comercial entre EUA e China mais do que compensaram a pressão advinda da previsão de tempo bom para a safra no Meio-Oeste norte-americano.

O milho também avançou, com o mercado ponderando o tempo favorável à colheita e sinais de melhora na demanda pelo grão, enquanto o trigo recuou em uma realização de lucros após as máximas de um mês estabelecidas na sessão anterior.

Os mercados de grãos têm sido pressionados por expectativas de temperaturas acima do normal nas áreas de soja e milho do Meio-Oeste dos EUA em outubro, mas os futuros se recuperaram nesta sessão depois de o Departamento de Agricultura norte-americano (USDA) relatar exportações de milho e soja além do esperado pelo mercado.

O USDA reportou que as vendas atingiram 1,728 milhão de toneladas na última semana, além de 1,467 milhão de toneladas de milho, acima das expectativas.

O contrato novembro da soja fechou em alta de 4,25 centavos de dólar, a 8,93 dólares por bushel, enquanto o milho para dezembro avançou 1,5 centavo, para 3,7275 dólares/bushel. O vencimento dezembro do trigo cedeu 1,5 centavo, a 4,88 dólares o bushel.

(Reportagem adicional de Gus Trompiz em Paris e Naveen Thukral em Cingapura)

tagreuters.com2019binary_LYNXMPEF8I1X3-BASEIMAGE

To Top