Benefícios

PIS-PASEP: Profissionais vão receber correção do benefício este ano

INSS Previdência Social Reforma da Previdência Aposentadoria Benefícios FGTS Bolsa Família Nis CNIS Extrato Banco Governo Aposentado Idoso FGTS Caixa Banco do Cálculo Demora Brasil Maternidade Auxílio-Reclusão Saques Pagamento Vencimento Retiradas Refis MeuINSS Auxílio-Doença Aposentadoria Por Invalidez Contribuição BPC-Loas Pensão por Morte Pensionista Empréstimo Consignado

PIS-PASEP: Profissionais vão receber correção do benefício este ano. Os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em julho e correntistas da Caixa Econômica Federal e servidores públicos clientes do Banco do Brasil, com fim de matrícula 0, receberão a correção da cota do PIS/Pasep no próximo dia 22. O crédito será feito em conta, três dias úteis antes do início do calendário oficial de pagamento. Por Larissa Esposito*

Pasep – Arte/O Dia

No caso dos beneficiários não correntistas dos bancos, poderão sacar o rendimento a partir de 25 de julho nas agências das respectivas instituições financeiras. Os valores tiveram reajuste de 4,917% sobre os saldos das contas dos participantes. O crédito da correção ocorreu ontem. 

Mas apenas 3,6% da correção poderá ser retirada, referente a juros e resultado líquido adicional. Não houve explicação do governo para o motivo da restrição. 

Empregados privados devem sacar o rendimento do PIS nas agências da Caixa. Já o Pasep é direcionado para funcionários públicos, que deve ser retirado no BB. Para todos os segmentos, a data limite de retirada é 30 de junho de 2020. Tem direito ao fundo quem trabalhou com carteira assinada entre 1971 e 1988 e que não retirou os recursos.

Procurada pelo O DIA, a Caixa confirmou, em nota “que as rotinas operacionais e sistêmicas para a distribuição de reservas e atualizações sobre o saldo de cotas existentes na data base de 30/06/19 serão realizadas no período de 01 a 21/07/19, sendo disponibilizadas aos cotistas a partir de 25/07/19, conforme calendário divulgado pela Resolução 3 do Conselho Diretor do Fundo PIS-Pasep, de 25 de junho de 2019”.

ABONO SALARIAL

As cotas do programa PIS/Pasep e o abono salarial são independentes e o saque de um benefício não interfere no outro. O prazo para o pagamento do abono terminou na última sexta-feira.

Quem não sacou o benefício perdeu o direito ao valor de até R$ 998. No caso das cotas, os rendimentos ficam disponíveis para posteriores saques.Quem tem direito a sacar? Tem direito ao saque dos rendimentos do programa PIS/Pasep todos os trabalhadores e servidores públicos cadastrados no programa até a data de 4 de outubro de 1988. Participantes das distribuições de cotas referentes ao período de 1971 a 1989, e que ainda não tenham sacado os saldos correspondentes às suas partes.

Para saber de quanto foi o rendimento das cotas, os empregados da iniciativa privada (PIS) devem acessar o site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br/cotaspis). Para empregados públicos (Pasep), a consulta é feita na página do Banco do Brasil (www.bb.com.br/pasep).
 Na hora de retirar o PIS, o participante deve levar o documento oficial de identificação com foto e o número do NIS. Para o Pasep, a documentação varia de acordo com o perfil do servidor.
 A data de saque do PIS tem como base o mês de nascimento do beneficiário. Já o do Pasep, o dígito final do número de inscrição no programa.  

Fonte https://odia.ig.com.br/economia/2019/07/5659116-trabalhadores-vao-receber-correcao-da-cota-do-pis-a-partir-de-22-de-julho.html#foto=1

To Top