Sports

Simone Biles faz história durante conquista do 5º título mundial de ginastas dos EUA

(Reuters) – A equipe de ginástica feminina dos Estados Unidos conquistou seu quinto título no Campeonato Mundial em Stuttgart nesta terça-feira, e Simone Biles se tornou a mulher mais condecorada do evento.   

As norte-americanas quase não cometeram erros na competição, e Simone as ajudou a obter um placar de 172.330 pontos — 5.801 a mais do que a segunda colocada Rússia.

    A Itália obteve 164.796 pontos e ficou com a terceira colocação, conseguindo sua primeira medalha em um mundial desde 1950, e a China ficou fora do pódio pela primeira vez desde 2003.

Simone garantiu sua 21ª medalha de ouro mundial, tirando o recorde feminino da russa Svetlana Khorkina.

    Só Vitaly Scherbo, de Belarus, conseguiu mais medalhas mundiais, já que acumulou 23, número que Simone pode ultrapassar até o final dos eventos individuais nesta semana.

    As norte-americanas não perderam tempo em sua jornada rumo ao triunfo – Grace McCallum, Jade Carey e Simone fizeram três apresentações fortes consecutivas no cavalo que lhes garantiram uma vantagem precoce.

    Sunisa Lee vacilou na trave, assim como na rodada qualificatória de sábado, mas Simone continuou a mostrar uma execução cirúrgica e obteve as melhores notas em três de quatro aparelhos.

Quando foi fazer os exercícios de solo, ela só precisava de 9.533 pontos para levar o ouro.

    Ela encerrou a disputa com estilo ao realizar um triplo twist com duplo mortal –agora conhecido como Biles II– e somar 15.333 pontos.

    (Por Hardik Vyas, em Bengaluru)

tagreuters.com2019binary_LYNXMPEF971O8-BASEIMAGE

To Top