Brasil

Grêmio se recupera como mandante e manda o Ceará para a zona da degola

Sem Renato, Grêmio para em goleiro e só empata com Brasil de Pelotas

O Grêmio venceu o Ceará, nesta quarta-feira (9), pelo placar de 2 a 1. A vitória em Caxias do Sul serve para reabilitar o time gaúcho como mandante no Campeonato Brasileiro. Mais do que isso, o triunfo deixa a equipe gremista mais perto do G4 -graças a resultados paralelos e ainda à espera do jogo Corinthians x Athletico, no complemento da 24ª rodada.

Pedro Geromel e Maicon, de pênalti, fizeram os gols do Grêmio. Fabinho descontou. Todos os gols foram marcados no primeiro tempo, mas até o final o duelo teve oportunidades para os dois lados mudarem o placar.

O Grêmio, agora, soma 38 pontos -quatro a menos que o Corinthians, quarto colocado na tabela. A equipe gaúcha tem o mesmo número do arquirrival Inter, que é o sexto colocado, mas leva a pior no número de vitórias.

O Ceará, por outro lado, chega à segunda derrota seguida e continua estacionado nos 23 pontos. Com a vitória do CSA em cima do Inter, a equipe dirigida por Adilson Batista entra na zona de rebaixamento após completar dez partidas sem triunfar.

Na próxima rodada, o Grêmio visita o Atlético-MG e o Ceará recebe o Avaí. Os dois jogos serão no domingo (13), mas a partida em Fortaleza começa antes, às 16h (horário de Brasília).

O destaque da vitória gaúcha foi Geromel. De volta à equipe após se recuperar de lesão, o zagueiro se mostrou pleno. Abriu o placar de cabeça, manteve bom desempenho na defesa. Dividiu com Diego Tardelli e Maicon o protagonismo do jogo.

Na partida, o Grêmio adotou seu estilo próprio para sair vitorioso. Mais de 70% de posse de bola, ataque dinâmico e Maicon como distribuidor de passes curtos e longos. No entanto, não conseguiu ter o controle da partida. A falta de controle apareceu nos espaços que o Ceará teve para atacar e criar oportunidades de gol.

Para ficar vivo no jogo, o Ceará investiu pesado em uma estratégia clara: atacar os espaços concedidos por Léo Moura e Bruno Cortez. O flanco direito do Grêmio foi bastante explorado. Não à toa, foi dali que saiu o cruzamento para Fabinho marcar gol. No segundo tempo, as linhas mais próximas serviram para dificultar o jogo gremista e no final quase presentearam a equipe visitante. Faltou pontaria a Juninho Quixadá.

O placar todo foi desenhado no primeiro tempo. Geromel abriu o placar aos 35min, de cabeça, após cobrança de escanteio. Maicon ampliou aos 41min, em cobrança de pênalti, e Fabinho descontou para os cearenses aos 44min, de cabeça.

GRÊMIO

Paulo Victor; Léo Moura (Rafael Galhardo), Geromel, David Braz, Bruno Cortez; Michel, Maicon, Alisson, Luan (Thaciano), Pepê; Diego Tardelli (André).

T.: Renato Gaúcho

CEARÁ

Diogo Silva; Samuel Xavier, Tiago Alves, Valdo, João Lucas; Fabinho, William Oliveira (Auremir), Pedro Ken, Thiago Galhardo; Mateus Gonçalves (Ricardinho), Felippe Cardoso (Juninho Quixadá). T.: Adilson Batista

Estádio: Centenário, em Caxias do Sul (RS)

Juiz: Edina Alves Batista (SP)

Cartões amarelos: William Oliveira, Pedro Ken (Ceará)

Gols: Pedro Geromel, aos 35min, e Maicon, aos 41min do primeiro tempo (Grêmio); Fabinho, aos 44min do primeiro tempo (Ceará)

To Top