Europe

Em jogo eletrizante, Ajax tem dois expulsos e cede empate ao Chelsea em 4 x 4

Por Clare Lovell

LONDRES (Reuters) – Chelsea e Ajax, este com nove jogadores, protagonizaram nesta terça-feira um movimentado empate em 4 x 4 em partida válida pelo grupo H da Liga dos Campeões, na qual os mandantes se recuperaram de uma desvantagem de 4 x 1 e de dois gols contra para igualar o placar.

O resultado deixa ambas as equipes e o Valencia, que venceu o lanterna Lille por 4 x 1, empatados com sete pontos na liderança da chave, em uma briga pelas duas vagas para as oitavas de final.

O Ajax se mostrou mais dinâmico desde o apito inicial em Stamford Bridge. Apenas dois minutos bastaram para que, após falta cometida pelo capitão Cesar Azpilicueta, Tammy Abraham desviasse o cruzamento de Quincy Promes contra seu próprio patrimônio, abrindo o placar para os holandeses.

O Chelsea conseguiu o empate menos de três minutos, após o atacante norte-americano Christian Pulisic ser derrubado dentro da área do Ajax. Jorginho cobrou o pênalti com tranquilidade, deslocando o goleiro Andre Onana.

Mas o Ajax, que havia vencido seus últimos cinco jogos como visitante na Champions League, voltou a pressionar no ataque. O time foi recompensado aos 20 minutos, quando o meia-atacante marroquino Hakim Ziyech fez um cruzamento perfeito e Promes mergulhou para marcar o segundo.

Uma nova cobrança de falta originou o terceiro gol do Ajax. Ziyech chutou com muita curva, das proximidades da bandeirinha de escanteio, e enganou o goleiro Kepa. A bola bateu na trave oposta, rebateu em Kepa e acabou no fundo do gol.

O Chelsea voltou do intervalo em melhor forma e parecia estar ganhando força quando, aos 10 da etapa final, os meia-atacantes do Ajax partiram de seu próprio campo e Ziyech serviu Donny van de Beek, que marcou 4 x 1.

Azpilicueta diminuiu a vantagem aos 18 minutos, com uma finalização de perto da meta, e logo em seguida Stamford Bridge entrou em erupção.

Daley Blind foi expulso por um segundo cartão amarelo –mesmo destino de Joel Veltman, que recebeu o cartão vermelho após cometer um novo pênalti e discutir com o árbitro Gianluca Rocchi.

Jorginho converteu sua segunda penalidade aos 26, e três minutos depois o defensor reserva Reece James venceu a já debilitada defesa do Ajax para empatar.

Azpilicueta ainda teve um gol anulado por toque de mão e, apesar de o Chelsea ter batalhado pela vitória nos 15 minutos finais, o Ajax conseguiu segurar firme e garantir o 4 x 4 até o final.

tagreuters.com2019binary_LYNXMPEFA41XL-VIEWIMAGE

To Top