Economy

Casa Branca está otimista com perspectiva de acordo com a China, diz autoridade à CNBC

WASHINGTON (Reuters) – A Casa Branca está “muito otimista” de que obterá um acordo na chamada “fase um” do pacto com a China antes do final do ano, afirmou uma autoridade sênior do governo dos Estados Unidos nesta sexta-feira, acrescentando que um acordo provavelmente será fechado antes que mais tarifas entrem em vigor, em meados de dezembro.

“Estamos muito otimistas que a fase um será completada e, esperamos, assinada antes do final do ano”, afirmou Marc Short, chefe de gabinete do vice-presidente dos EUA, Mike Pence, à rede CNBC.

Questionado se um acordo deve ser obtido antes de os EUA imporem mais tarifas sobre importações chinesas, em 15 de dezembro, Short disse: “Acho que é provável dentro desse prazo, mas não quero tentar amarrar as mãos de Mnuchin e Lighthizer a um ‘deadline’ específico, porque não acho que haja um.”

Short se referia ao Secretário do Tesouro dos EUA, Steve Mnuchin, e ao Representante de Comércio, Robert Lighthizer, os dois principais negociadores com a China.

Autoridades norte-americanas e chinesas disseram na quinta-feira ter concordado em reverter tarifas sobre bens aplicados entre si na “fase um” do acordo comercial.

Mas uma notícia também na quinta-feira parecia contradizer essa informação, com várias fontes dizendo que a reversão enfrenta feroz oposição interna na Casa Branca e de consultores externos.

Trump, em comentários que afetaram os mercados, disse nesta sexta-feira não ter concordado com uma reversão de tarifas.

tagreuters.com2019binary_LYNXMPEFA721H-VIEWIMAGE

To Top