Asia

Exportação de carne suína do Brasil tem maior receita em 2 anos em outubro, diz ABPA

SÃO PAULO (Reuters) – As exportações de carne suína in natura e processada do Brasil registraram receita cambial de 149,6 milhões de dólares em outubro, maior saldo para um único mês nos últimos dois anos, informou nesta sexta-feira a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

De acordo com dados da ABPA, o desempenho é 38,4% maior que o verificado em igual período do ano passado.

No mês, foram embarcadas 68,1 mil toneladas da proteína, alta de 8% na comparação annual, acrescentou a entidade.

“As vendas para a Ásia seguem impulsionando as exportações de carne suína, com elevação, no mês de outubro, de 81% nos embarques para a China e de 19% para Hong Kong”, disse em nota o presidente da ABPA, Francisco Turra.

No acumulado do ano, as exportações de suínos somam 592,3 mil toneladas, alta de 11,7% no ano a ano, além de receita de 1,23 bilhão de dólares, avanço de 23% ante os dez primeiros meses de 2018.

As exportações brasileiras têm sido estimuladas pelo surto de peste suína africana na China, que dizimou a maior criação de porcos do mundo e reduziu fortemente a oferta no país, principal consumidor global da proteína.

(Por Gabriel Araujo)

tagreuters.com2019binary_LYNXMPEFA722K-VIEWIMAGE

To Top