Leitora espera retorno de perícia há 7 meses no INSS: Acompanhe
Benefícios

Leitora espera retorno de perícia há 7 meses no INSS: Acompanhe

Previdência Social reforma inss

Leitora espera retorno de perícia há 7 meses no INSS: Acompanhe. A cirurgiã-dentista Monica Bellucci, 51 anos, está há sete meses tentando converter o tempo de trabalho especial no INSS.

“Dei entrada no início de abril deste ano com o pedido de aposentadoria por tempo de serviço, mas pedindo a conversão do tempo especial para o comum, porque queria me aposentar e continuar trabalhando.”

Monica reclama que o processo continua em análise e que não teve nenhum retorno sobre a necessidade de envio de mais documentos, por exemplo.

A cirurgiã-dentista Mônica Médici Bellucci, de 51 anos, deu entrada no pedido de aposentadoria por tempo de serviço em abril deste ano, mas análise de conversão está demorada. “Pensei que, ao converter o tempo especial em comum, ultrapassaria os 30 anos de contribuição, mas até agora, nada.” – Martha Salomão/Folhapress

“Tenho 51 anos de idade e entreguei um PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário) com mais de 27 anos de atividade insalubre”, explica.

O PPP é um formulário que possui campos a serem preenchidos com todas as informações relativas ao empregado, como atividade, agente nocivo ao qual está exposto, intensidade e concentração, exames médicos clínicos e dados referentes à empresa.

O formulário deve ser preenchido pelo empregador do segurado que exerce a atividade nociva, que dá direito à aposentadoria especial após 15, 20 ou 25 anos de contribuição.

“Pensei que, ao converter o tempo especial em comum, ultrapassaria os 30 anos de contribuição, mas até agora, nada”, diz.

INSS diz que exame está na fila

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) diz que o pedido de aposentadoria de Monica está em análise, aguardando parecer do médico perito sobre a documentação da atividade especial.

“Ela pode acompanhar o andamento do seu processo pelo Meu INSS”, afirma em nota.

O site é www.inss.gov.br/servicos-do-inss/meu-inss. Para cadastro, é preciso CPF, nome completo, data e local de nascimento e nome da mãe.

To Top