Polícia Civil prende mais um envolvido em roubo de ouro em Guarulhos

30

A Polícia Civil, por meio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), prendeu na noite de quinta-feira (21) mais um envolvido no roubo de 711 quilos de ouro, ocorrido no final de julho. O crime ocorreu no terminal de cargas do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Outros quatro suspeitos já foram detidos.

O homem, que usava outro nome e apresentava documento falso, tem 44 anos e foi detido por agentes da 5° Delegacia da Divisão de Investigações sobre Crimes contra o Patrimônio (Disccpat) por meio do cumprimento de um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça. A captura aconteceu durante uma parada do suspeito e sua família em um posto na rodovia Fernão Dias, sentido São Paulo.

“Estamos em fase avançada, usando várias técnicas investigativas. Temos uma equipe boa e fizemos um trabalho de vigilância pura, com o uso de aeronaves e troca de veículos, que culminaram nessa prisão”, afirmou o delegado Pedro Ivo Corrêa, da 5ª Delegacia de Investigações sobre Furtos e Roubos a Bancos.

De acordo com o delegado, o quinto criminoso preso já tem passagem pelo crime de roubo a transportadora de valores. Além disso é um importante elemento da organização criminosa que executou o roubo pelo fato de já ter tido um comércio de ouro no centro da Capital e saber os caminhos para “escoamento” da carga roubada. Outro ponto destacado foi o fato de o homem ser o primeiro preso a admitir a participação no crime, o que é comprovado por imagens antes e durante o assalto.

Patrimônio ilícito

Segundo as investigações, o homem preso morava no bairro Morumbi, na zona sul da capital paulista e, atualmente, construía uma chácara de alto padrão em Atibaia, além de estar reformando um outro imóvel em Peruíbe. Durante as atividades policiais, foi apreendido um veículo Jeep/Compass 19/20 e anotações referentes a valores elevados.

“Estamos instaurando inquéritos policiais de lavagem de dinheiro para recuperar parte dos objetos subtraídos e bloquear bens adquiridos de forma ilícita”, explicou o delegado. Ainda de acordo com Corrêa, os bens do indiciado ultrapassam R$ 2 milhões e já foram solicitados o bloqueio de suas contas e a quebra do sigilo bancário. A mulher do homem também será investigada.

Os trabalhos da Polícia Civil prosseguem com a finalidade de localizar e prender os outros envolvidos no roubo.

O post Polícia Civil prende mais um envolvido em roubo de ouro em Guarulhos apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.