Dólar passa a cair ante real com expectativa de fluxos e melhora do cenário doméstico
Economy

Dólar passa a cair ante real com expectativa de fluxos e melhora do cenário doméstico

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) – Depois de operar boa parte da manhã em leve alta, o dólar passava a cair nesta segunda-feira, chegando a cair à faixa de 4,12 reais, nas mínimas em um mês, pressionado pela perspectiva de entrada de fluxos e por recentes indicadores domésticos, os quais sinalizaram possível melhora no clima dos negócios.

Às 14:37, o dólar recuava 0,23%, a 4,1361 reais na venda. Na mínima do dia, a cotação tocou os 4,1251 reais na venda, depois de ter chegado aos 4,1620 reais na venda na máxima da sessão.

Pela taxa de compra, o dólar bateu 4,1244 reais, menor patamar intradia desde 8 de novembro (4,1076 reais na compra).

Na B3, o dólar futuro operava em queda de 0,13%, a 4,1400 reais.

Segundo Ricardo Gomes da Silva, superintendente da Correparti Corretora, um dos aspectos que motivou a virada no movimento do dólar nesta segunda-feira era a perspectiva de ingresso de fluxos nos mercados brasileiros.

“Um dos fatores que motivaram esse movimento é o ingresso de dinheiro da XP, que está fazendo IPOs. Essa perspectiva de fluxo derruba o dólar mesmo”, disse Ricardo Gomes da Silva, superintendente da Correparti Corretora.

Além disso, segundo ele, o que está “turbinando” o movimento são os últimos números do Brasil. “O PIB, a balança (comercial) e a popularidade de Bolsonaro melhoraram. Isso gera melhor ambiente e perspectiva para negócios.”

Uma pesquisa divulgada pelo Datafolha no fim de semana mostrou que a ligeira expansão da economia freou a tendência de queda de popularidade do governo de Jair Bolsonaro ao longo de 2019.

Além disso, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou em novembro que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil acelerou a expansão no terceiro trimestre em relação aos três meses anteriores, em um resultado acima do esperado.

Nesta segunda-feira, também foi divulgado na pesquisa Focus que o mercado passou a ver um crescimento melhor da economia neste ano.

No exterior, o índice do dólar contra seis divisas de países desenvolvidos recuava 0,05%, enquanto a moeda dos EUA tinha um desempenho misto frente a emergentes.

Nesta segunda-feira, o Banco Central vendeu todos os 10 mil contratos de swap cambial reverso e todos os 500 milhões de dólares em moeda à vista ofertados.

tagreuters.com2019binary_LYNXMPEFB81GQ-BASEIMAGE

To Top